Um espaço italianinho e maluco

Quinta-feira, 14 de Agosto de 2008
Algumas coisas não mudam

Zero Assoluto - Certe cose non cambiano (Algumas coisas não mudam)

 

Resto qui, è solo la verità

Fico aqui, é só a verdade
Non si può nascondere la realtà

Não se pode esconder a realidade
Che certe cose non cambiano,non serve poi dirselo

Que algumas coisas não mudam, não serve falar nisso
Le distanze non contano, i giorni allontanano

As distancias não contam, os dias afastam
Non si dimentica, la città

Não se esquece a cidade
Dove le cose non cambiano, e i libri raccontano

Onde as coisas não mudam, e os livros contam
Le storie che passano

As historias que passam

Qui qui qui, dove vivi tu
Aqui, aqui, aqui, onde vives tu

E il ricordo che ho, di quelle cose che restano

E a lembrança que tenho, daquelas coisas que ficam
Qui qui dove vivi tu

Aqui aqui onde vives tu
E il ricordo che ho, di quelle cose che restano

E a lembrança que tenho, daquelas coisas que ficam
Le cose che restano

As coisas que ficam

Le mie foto che parlano

As minhas fotos que falam
I momenti che vivono

Os momentos que vivem
Qui

Aqui

Più leggeri nei giorni, fino a quasi confondere i sogni

Mais leves nos dias, quase até confundir os sonhos

Le passioni che chiamano

As paixões que chamam
Come strade che portano

Como estradas que levam
Qui

Aqui

Qui qui dove vivi tu

Aqui aqui onde vives tu
E il ricordo che ho, di quelle cose che restano

E a lembrança que tenho daquelas coisas que ficam
Qui qui, e in un attimo

aqui aqui , e num instante
Tutto quello che ho, sono le cose che restano

Tudo o que tenho, são as coisas que ficam
Le cose che restano

As coisas que ficam

 

É POSSIVEL OUVIR A CANÇAO NO YOUTUBE AQUI


:

publicado por Il Conte às 18:23
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 10 de Junho de 2008
Zero Assoluto a oltranza, Stellì

Stellí, esta é para ti...

Não vou carregar o vídeo dos Zero Assoluto no blogue para não chatear os outros leitores com coisas demasiado sentimentais à italiana, não é que me vão chamar de lamecha com tantos vídeos românticos, pois então deixo-te  aquí o link mas não carrego o vídeo no blogue.

Porqué é que não me das a mão e me levas para um passeio na Vittorio Emanuele ou na L.P. ou aonde quiseres ? De mão dada contigo ia para qualquer lugar...

 

 

 

 

 

 

 

Antes assim

Então como estas? Eu vou andando

Parece passado só um istante,  agora que estamos juntos,

e nunca , nunca penso nisso em como teria sido,

se  lembrar-te é  facil, eu queria ser capaz de ficar

e dizer-te tenho vontade de ti, não vês que também

estas  à vontade ? Apetece-me ficar aqui contigo

eh eh eh eh

 

Há algo , mas  é difícil, Não se pode tocar mas

sim viver

Onde está a felicidade agora ? Agora não podes

ou se calhar não queres

Encontrar outra vez a cumplicidade e o nosso

"dolce far niente" . A convicção de viver nisso para sempre, aquela vontade e o calor que nos une

Entre uma canção e um dia que acaba diz-me

que

Nuca pensas nisso?

Eu e tu a durmirmos

Ainda lembro a cidade

E tudo estava alí e nos sentiamo-nos unicos

E agora o que fica para nos, se lembrar não

chega

Não vês que também estas bem?

Tenho vontade de ficar aqui contigo

Nunca pensas nisso? Eu e tu a durmirmos?

Lembro ainda a cidade

E tudo estava alí e sentíamo-nos unicos

e agora o que fica para nos, se tudo isto não chega?

 

 

 

Meglio cosí


Allora come stai, io me la cavo bene
Sembra passato un attimo,ora che siamo insieme
E non ci penso mai mai mai a
Come sarebbe stato,se ricordare è facile
Vorrei saper restare e dirti ho voglia di te
Non vedi che stai bene pure te, ho voglia di restare qui con te
eh eh eh eh eh

 


Qualcosa c’è, ma è difficile
Non si può toccare, ma vivere
Dove sta, la felicità
Adesso non puoi, o forse non vuoi
Ritrovare la complicità e, il nostro dolce fare niente
La convinzione di viverci per sempre, quella voglia e il calore che ci unisce
Tra una canzone e una giornata che finisce, dimmi che


Ci pensi mai
Io
e te a dormire
Ricordo ancora la città
E tutto era li, e ci sentivamo unici
E adesso cosa ci resta, se ricordare non basta
Non vedi che stai bene pure te
ho voglia di restare qui con te


Ci pensi mai
Io
e te a dormire
Ricordo ancora la città
E tutto era lì, e ci sentivamo unici
E adesso cosa ci resta, se tutto questo non basta

 

 

 

 

 


Ah...mas antes de sairmos não te esqueças de me ajustar o nó da gravata, ouviste? Quero sentir as tuas mãozinhas a ajustarem a minha gravata..


:

publicado por Il Conte às 19:10
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 4 de Junho de 2008
Para um leitor muito meigo do meu blogue

Mais um vídeo dos Zero Assoluto para um leitor muito meigo do meu blogue que "descobriu" os Zero Assoluto nestes meus espaços malucos e ficou logo louco com a musica deles. Mas este é o último,ouviste? Podes procurar no youtube! Mas o "teu" vídeo acho que é mesmo "semplicemente" que coloquei no blogue há uns dias mas que TU podes ver direitinho aqui. Não quero que no estrangeiro pensem : musica italiana = Laura Pausini + Eros Ramazzotti. Temos outros grupos que na minha opinião oferecem uma musica melhor. Muito boa sorte! (e não te preocupes: há mais de 3.000.000.000  mulheres neste planeta).


:

publicado por Il Conte às 19:22
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 3 de Junho de 2008
Nelly Furtado + Zero Assoluto - Canção demasiado linda

Appena prima di partire

Just before leaving

Uff...confesso...estou a sentir arrepios, lagrimas a despontarem nos cantos dos olhos e uma saudade enorme duma portuguesa que não vejo há anos. Realmente não posso ver este vídeo, a canção é lindissima, mas este vídeo doi-me demasiado.

Os amores internacionais podem ser terrivelmente cumplicadinhos!!! (Eu sei de que estou a falar...)

 


:

publicado por Il Conte às 22:13
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 29 de Maio de 2008
Musica Italiana (II) - Zero Assoluto - "Sei parte di me"

Para a Pamelli

Está noite outra canção dos Zero Assoluto, já que a amiga Pamelli gostou da de ontem esta de hoje é para ela: com esse apelido devia ter sangue italiano a correr-lhe nas veias mas não, não é Italiana afinal, portanto...pronto, minha amiga Pamelli, esta é para você.
Mas amanha chega de Zero Assoluto, ouviram? Porque temos outros cantores na Itália, se gostarem dos Zero Assoluto comprem o cd deles!

 


:

publicado por Il Conte às 19:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 28 de Maio de 2008
Musica italiana contemporanea (I) - Zero Assoluto - Semplicemente

Quando se fala de musica italiana no estrangeiro ouve-se falar da Laura Pausini ou do Eros Ramazzotti....esses são cantores de que gostam Argentinos e Brasileiros, ou Alemães, sei-lá, mas na Itália, os próprios Italianos preferem outro tipo de musica. Vamos pois mostrar, aos poucos, qual a musica que passa na Itália nestes tempos. Hoje vamos com os Zero Assoluto.

 

Ora che mi sento bene...eh...spengo la luce... spero di riuscire a dimostrare...che...così va bene ora che ci penso mi perdo in quell’attimo dove dicevo che tutto era fantastico... mi sembra.. ieri... e ora che è successo fa lo stesso...se non ti cerco non vuol dire che mi hai perso... già sto sognando...ma adesso... buona notte a te buona notte a me buona notte a chi ancora non ho incontrato... buona notte pure a lei...lei te dove sei...anche oggi che ti ho cercata... buona notte a te buona notte a me buona notte a chi ancora non ho incontrato... buona notte pure a lei...anche oggi che ti vorrei... ...semplicemente semplicemente semplicemente semplicemente... ( nananana! ) la voglia di non ragionare ma vivere sempre disposto a rischiare e ridere... riderne..la gioia di quest’attimo senza pensarci troppo solo gustandolo... le stesse storie e quei percorsi che non cambiano... quelle canzoni e le passioni che rimangono... semplicemente non scordare... ( nananana! ) come i libri della scuola fra le dite... la colazione ogni mattina da una vita...semplice.. come incontrarsi perdersi poi ritrovarsi amarsi lasciarsi... poteva andare meglio può darsi...dormire senza voglia di alzarmi... e faccio quello che mi pare... ( nananana! ) se ci penso ora...se ci penso adesso... non so ancora che cosa ne sarà... perchè mi manca il fiato... perchè ti cerco ancora...non so dove che cosa ci sarà!...ah... ...semplicemente semplicemente semplicemente .... ( nananana! ) buona notte a te buona notte a me buona notte a chi ancora non ho incontrato... buona notte pure a lei...lei te dove sei...anche oggi che ti ho cercata... buona notte a te buona notte a me buona notte a chi ancora non ho incontrato... buona notte pure a lei...anche oggi che ti vorrei... ...semplicemente semplicemente semplicemente semplicemente ... ( nananana!


:

publicado por Il Conte às 19:37
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Algumas coisas não mudam

Zero Assoluto a oltranza,...

Para um leitor muito meig...

Nelly Furtado + Zero Ass...

Musica Italiana (II) - Ze...

Musica italiana contempor...

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar