Um espaço italianinho e maluco

Terça-feira, 1 de Julho de 2008
O carro dos meus sonhos...

Por enquanto continuo conduzindo o meu velho Mercedes. Somos grandes amigos e eu quero-lhe muito bem ao meu carro, já é velhinho, já devia andar na reforma, coitado, que fez imensos quilómetros, mas como tenho muitas taxas para pagar não posso mudar de carro agora, hei de obrigar esse velhote a fazer ainda mais quilómetros...

 

 

Mas logo que for rico, graças aos conselhos encontrados no livro do John Demartini, então vai ser diferente, vou comprar mas é um Porsche Cayenne preto: um carro muito "mau".

É últimamente está apetecendo-me ser muito "mau" . Ainda bem que estou single, porque se tivesse uma parceira ficaria muito chateada com tanta maldade e tanto egoísmo.

 

Hoje acordei com fê no meu lindo futuro!

Quis andar por ai com esse optimismo americano de acreditarmos nos sonhos e nos desejos e de fazermos as "afirmações" para vermos comparecer o que desejamos na nossa vida !

Então tenho andado por ai a pensar : "O dinheiro chega na minha vida por caminhos inesperados" - "O dinheiro chega na minha vida por caminhos inesperados".

Enquanto tomava a inevitável bica num barzito de San Giovanni in Croce ví os bilhetes da lotaria instantânea....esses que coças o código e sabes imediatamente se ganhaste.

Um bilhete custa 5 euros.

Comprei um.

Ganhei 20 euros.

Tirando os 5 do custo, ganhei 15 euros !

Estão a ver?

Pois então o livrinho funciona!

Eu gozo com isso e ele até dá!

Não comecem agora a dizer que 15 euros não são nada: já é um primeiro passo para a riqueza, Roma e Pavia não se fizeram num dia! Então hoje o dinheiro começou a entrar na minha vida dentro. Vou deixar as portas da minha vida bem abertas para que possa entrar mais. Não que é tu, meu leitor, por acaso , sendo rico, e tendo um milhão de dólares ou de euros (melhor de euros!) a mais, e não sabendo o que fazer com isso, me querias fazer um presentinho? Olha, se es mesmo avarento e não me queres dar como presente, podias dar como empréstimo, sei lá um, dois, três milhões de euros, o que puderes, depois eu devolvo , com juros e tudo.

Como? Então não acreditavas que depois eu ia devolver?

Mas olha que devolvo mesmo, juro! juro , jurinho , jureto.

Ufa...estou impaciente...li os conselhos do Demartini mas estar aqui a espera de voltar-me rico é assim difícil...

Oxalá a riqueza chegue cedo, pois é desde ontem que ando esperando por ela e francamente começo a aborrecer-me...

 


:

publicado por Il Conte às 20:24
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Segunda-feira, 30 de Junho de 2008
Tornar-se riquíssimo.

 

 

 

Se Deus quiser sexta feira de madrugada ou quinta à noite vou para a minha terrinha para um fim de semana prolongado. Por motivos de trabalho vivo no norte da Itália, em Parma, a cidade não é feia, mas a terra não passa duma planície aborrecidíssima, não gosto mesmo nada desta terrinha insonsa. A minha terra é mais linda, fica no centro do pais, 100 quilómetros leste de Roma, chama-se L'Aquila o que em português quer dizer A águia, é uma cidade que fica a 721 metros, fresquinha no verão e fria no inverno, rodeada por montanhas de mais de 2.000 metros, com a mais alta, o Gran Sasso, que chega a 2.900. A minha terrinha não será assim tão rica e abastada como a terra na qual vivo por motivos de trabalho, mas é muito mais linda, bem, eu sei que sou bastante parcial, admito, mas acho que é mais linda mesmo. Digamos que se fossem duas mulheres, Parma seria uma mulher de uns 40 aninhos muito sofisticada, elegante, muito bem penteada, bem calçada, com joelhos, bom perfume, a descer de um carro de luxo, L'Aquila seria mais uma moça de uns 25 anos, sem vintém mas lindíssima e muito orgulhosa, despenteada mas sexy, com uma risada contagiosa e os olhos sempre a brilharem e sempre pronta para partir para mil outras aventuras, a descer provavelmente de um velho panda esmagado e cheio de ferrugem, sem perfume, mas cheirando naturalmente bem.

Gosto, no verão, de encostar a boca à aguinha dum chafariz da terrinha e sentir na boca a agua fresquinha da montanha, fria também em Agosto. O ar puro, poucas fabricas quer dizer pouco trabalho mas também uma terra limpinha.

Tenho aquelas saudades! Vou estar um bocadinho na minha casinha, que tenho ali, entre as minhas coisas. Não mudei de residência para o norte, deixei a minha residência na terrinha, o meu medico, o meu contabilista...

Hoje liguei para o meu contabilista: que tal de eu passar ali sexta, para a declaração dos rendimentos? Vem, vem, disse ele, e traz também contigo a Coramina (remédio para o coração).

Este ano vou ter problemas com as taxas, porque no ano passado ganhei bastante bem e agora hei de pagar muitos impostos, vou entrar em dificuldade financeiras, receio.

Vou pagar, sem discutir, mas acho que vou pagar aos poucos, pode-se pagar em 5 meses, e se calhar vou saltar um ou dois e acabar mais tarde pagando em atraso com juros, fazer o quê? Uff...estou super-feliz que vou para a terrinha, mas ao mesmo tempo vou por questões chatas: as taxas!

Estou triste!

Como é que vou arranjar agora eu tanto dinheiro?

Pera ai, deve haver uma solução!

Há!

Basta entrar numa livraria e com certeza encontro um desses livrinhos que ensinam como tornar-se riquíssimo.

Encontrei!

John Demartini - How to make one hell of a profit and still get to heaven (titulo original)

Comprei a tradução em italiano (come diventare dannatamente ricchi ed essere beati).

Pronto, meus amigos, já tenho o meu livrinho aquí portanto já nem hei de preocupar-me com o meu contabilista e com as taxas que ficam por pagar, pois seguindo os conselhos deste livrinho maravilhoso, daqui a poucas semanas vou tornar-me riquíssimo.

Vou comprar um porsche, uma vivenda a beira mar , outra na serra e vou ter sempre duas ou três morenas na casa dos trinta anos perto de mim. Ahhh...que bom...basta entrarmos numa livraria com uma nota de 20,00 euros e saímos de lá com um livro que nos resolve todos os problemas e ainda com algum troco.

VAMOS AGORA A UMAS "PALAVRAS DE SABEDORIA E PUDER" que encontro aqui no livro:

  • Primeiro que tudo pago a mim próprio, aconteça o que acontecer.
  • Vou tomar sempre a minha parte porque mereço.
  • Eu domino o dinheiro e o dinheiro trabalha para mim.
  • Sei lidar com o dinheiro de maneira sabia, então atraio ainda mais dinheiro.
  • O dinheiro chega a mim dos lugares mais inesperados.

Pronto, lá está, vou pensar muito nisso e já amanha o dinheiro vai começar a entrar na minha vida, se calhar sexta vou para a terrinha de Porsche, e quando lá chegar compro-me uma linda vivenda e arranjo três secretarias portuguesas entre os 30 e os 35 anos.

Às vezes as pessoas preocupam-se demasiado com coisas sem importância. É preciso aprendermos a pagarmos primeiro que tudo a nos próprios. Tens o seguro do carro caducado? Esquece! Paga antes a ti primeiro, e deposita algum dinheiro na tua conta bancária! Como? tens ai o medico para pagares? Deixa ai o medico esperar e deposita antes dinheiro na tua conta bancária! O quê? As taxas? Bah...esquece ai as taxas, os impostos, aprende a pagar primeiro a ti, porque tu mereces!

Lembra: apanha sempre a tua parte, porque tu mereces!

Tens fome?

Vai para um restaurante, senta-te, come tranquilamente o que quiseres , bebe o que quiseres, quando chegar o criado com a conta de 100 euros (ias sozinho, claro) diz que tu não pagas porque primeiro queres pagar a ti próprio e como já depositaste dinheiro na tua conta para te pagar, já não fica para pagar o restaurante. O que queres que te façam? Não te vão matar, pois não...vão insultar-te, empurrar-te rua fora aos pontapés, nada mais do que isso...

Vai ao supermercado e pega tudo o que quiseres, quando chagares à caixa diz que tu não pagas, a historia do costume, tens que pensar em pagares primeiro a ti proprio, etc.

Ahhh....estes conselhos do John Demartini...realmente...muito úteis mesmo...

Amanha volto na livraria ver se encontro um livrinho do tipo "como engatar uma mulher em meia hora" ou então "a gregoraci low cost: como casar com a elisabetta gregoraci sem se ser o dono do renault F1 team."

Estes livrinhos que ensinam a fazer coisas rapidinho eu acho que são muito úteis. Pensava que tornar-se riquíssimo era algo difícil e afinal é canja.

Estou cheio de optimismo!

A vida é linda, especialmente para nos que estamos a caminho de tornarmo-nos ríquissimos em poucos dias!

Obrigado, John Demartini, quando comprar o Porsche não me vou esquecer de ti e dos teus conselhos, amigo.


:

publicado por Il Conte às 20:29
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

O carro dos meus sonhos.....

Tornar-se riquíssimo.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar