Um espaço italianinho e maluco

Segunda-feira, 16 de Junho de 2008
O recreio acabou, começa a limpeza.

Depois de dois anos de governo de esquerda no qual a Itália estava a ir às urtigas, deixada nas mãos dos criminosos estrangeiros, o novo governo está a trabalhar muito bem para que voltem a ordem, o direito, a lei, nas cidades italianas. Chegou-se ao ponto de utilizar as Forças Armadas, para esta guerra contra os bárbaros, mas vai ser um trabalho longo, vai ser preciso tempo, não se pode remediar em duas semanas aos erros de dois anos de comunistas no governo. Maldito seja para sempre o acordo de Shengen, maldita a Europa sem fronteiras e a circulação sem controlo de ciganos e de criminosos.

Numa sociedade ocidental, europeia, cristã, é geralmente a policia que tem a responsabilidade de garantir a ordem publica, e é geralmente o Ministro do interior que se ocupa disso. Mas como a Itália está em plena emergência, invadida por bárbaros sem lei que levaram a criminalidade além do limite, é o Ministro da Defesa que tem que dar uma ajuda, e são as Forças Armadas que vão descer para o terreiro para salvar a pátria contra estes criminosos estrangeiros. Até ontem deviam ser 2.500 os militares prontos a descerem armados nas ruas para parar e identificar os tipos suspeitos de ser criminosos ou imigrados ilegais, hoje parece que vão ser 3.000, para começar, principalmente à noite, nos centros metropolitanos com uma grande percentagem de imigrados. Todas as sondagens dizem que mais de 80% dos Italianos ficam aliviados e contentes com a presença dos militares na rua. De facto aqui estava a tornar-se um far west. Mas afinal, porque é que se deixaram entrar romenia e bulgaria na União Europeia ? Sabe-se lá ! Realmente não se percebe quais seriam as vantagens de ter essa gente em casa.

MAH !

Como ? Italianos racistas e fascistas ?

Não digas assim, porque todos estes desgraçados que cedo vão deixar este pais cada dia mais inóspito para eles, qualquer dia podiam chegar no teu bairro, e então era a tua vez de pedir mais ordem e menos criminalidade estrangeira, custe o que custar.


:

publicado por Il Conte às 21:03
link do post | comentar | favorito

Sábado, 31 de Maio de 2008
Luta aos criminosos estrangeiros ilegais - penas acrescidas de 33%

Todos os cidadãos teriam direito ao mesmo tratamento perante a lei, mas com o novo governo Berlusconi, para lutar contra a imigração ilegal de estrangeiros na Itália, imigração berço da maior parte da criminalidade no pais desde agora quem cometer crimes encontrando-se na Itália como estrangeiro ilegal vai receber uma pena acrescida da terceira parte, isto é, se por exemplo um Italiano apanhava 9 anos de cadeia por um crime x, um imigrante ilegal a cometer esse mesmo crime não apanha 9 e sim apanha 12. A grandes males grandes remédios, os imigrados vêm ilegalmente a fazerem tantos crimes e esta maior dureza contra eles, maior da dureza contra os criminosos nacionais é o que merecem.

Hoje já quatro desgraçados aparecidos frente ao juiz foram julgados logo em tempos de recorde, duas horas e todos eles vão ficar na cadeia até ao próximo julgamento, um deles, um Chileno, tal Miguel Angel Puebla Guzman até chegou a destruir as instalações das urgências do hospital! Agora, destruir as instalações das urgências, vamos ,isso é coisa de animais, nem os romenos são assim....nos a gastarem o nosso dinheiro para tratar de ti que chegaste de outro continente e tu a destruir-nos o hospital?

Olha, agora vai já uns tempinhos para a cadeia a ver se te passa a maluquice com tanto carinho que vai apanhar no teu rabinho chileno, depois quando saíres ainda vamos gastar dinheiro contigo para colocar esse teu rabinho num voo de expulsão para Chile.

As coisas estão a mudar, e rapidinho.

És um aspirante imigrado ilegal?

Ouviste dizer que a Itália é uma espécie de Disneylândia do Crime?

Olha, já não é, tem sido sim durante o governo comunista do Prodi, quando havia a cultura do acolhimento, agora o governo comunista caiu e os Italianos escolheram um governo que tem mais respeito para a pátria. Aqui já não há acolhimento nenhum. Acolhimento há, com todo o carinho e a simpatia tipicamente italianos mas só para esses estrangeiros que chegam aqui para trabalharem ou como turistas, nada de desgraçados sem vintém que chegam aqui para vender drogas ,roubarem e raptarem crianças, nos não precisamos dessa porcaria, obrigados.

Então se tu es um aspirante imigrado ilegal imigra mas é para espanha, que ali o zapatero gosta de vocês estrangeiros, esse inteligente, ou então para frança, assim os teus filhos se ali nascerem iam ser cidadãos franceces (se nascerem na Itália não iam ser Italianos se tu não és Italiano). Olha, por favor não imigres em Portugal. Porque? Porque eu gosto de Portugal, não queria que Portugal se enchesse de criminosos como aconteceu na Itália.

Vai para espanha ou frança,ouviste?


:

publicado por Il Conte às 13:36
link do post | comentar | favorito

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

O recreio acabou, começa ...

Luta aos criminosos estra...

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar