Um espaço italianinho e maluco

Sábado, 10 de Maio de 2008
Uma Europa democratica e cristã baseada no trabalho e na lei.

Imigrados ilegais apanhados pela marinha militar italiana nas aguas territoriais italianas da ilha de Lampedusa, uma pequena ilha italiana entre a Sicília e a Tunísia. Os contribuintes italianos foram deixados sozinhos, pela comunidade Europeia, a contrastarem esta invasão, os custos da guerra contra a invasão são  enormes e não é possível apanhar sempre todos, muitos conseguem passar e depois andam por ai clandestinos inventando maneiras frequentemente ilegais de ganhar dinheiro. Francamente não vejo soluções possíveis para vencer a guerra contra a invasão, a única solução possível seria a de adoptarmos sistemas mais duros contra estes invasores, por exemplo porque ninguém tenta imigrar ilegalmente na China ou no Irão? Porque se fizesse e fosse apanhado....Mas aqui na Europa temos essa mania do acolhimento....Quando é que vamos parar de gastar o nosso dinheiro com acolhimento de estrangeiros para começarmos a ajudarmos os nossos próprios idosos, os nossos desempregados nacionais, os nossos pobres. Será que já não temos pobres europeus na Europa? Será que podemos dar nos ao luxo de gastar dinheiro para ajudarmos estrangeiros de todos os continentes? Que fiquem nos seus países a trabalharem em vez de fugirem para todo o lado!

É preciso termos muito cuidado com a nossa Europa, com os nossos próprios países, estamos a estragarmos tudo, depois teremos que pagar tanta falta de compromisso. O que têm em comum os índios da América com os aborígenes da Austrália? Eram pessoas que não se importaram muito com a imigração nas terras deles, deixaram fazer, deixaram acontecer, e o preço que pagaram é que já não são os donos da própria terra deles. Se continuarmos assim, com este acolhimento sem sentido, vamos ter em breve uma Europa com donos árabes ou chineses.

Não, não, obrigado.

Luta para defender a tua historia, a tua pátria, peça aos teus políticos locais medidas mais rigorosas na guerra contra a imigração: Logo! Hoje! Não fiques a espera que em Portugal cheguem 20 milhoes de estrangeiros para te queixares, porque depois era tarde, depois os chineses ou os arabes podiam rir-se das tuas queixas...


:

publicado por Il Conte às 15:27
link do post | comentar | favorito

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Uma Europa democratica e ...

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar