Um espaço italianinho e maluco

Sábado, 19 de Julho de 2008
Feliz...mas com a alma como um cinema abandonado...

Cada vila do nosso continente europeu tinha ao menos um cinema no qual passavam filmes nacionais do proprio pais europeus e também os inevitaveis filmes americanos, depois chegaram essas tais multisalas , predios com muitas salas no mesmo sitio e então os velhos cinemas de provincias, com uma unica sala começaram a fechar.

Um velho cinema abandonado deixa-me sempre uma ponta de saudade no coração, olho para o predio e imagino os pares fechados ali a trocarem beijinhos, imagino pessoas sozinhas e tentarem esquecer a solidão fechando-se ali durante duas horas.

Um velho cinema abandonado já sem vida deixa-me triste.

A 8 de Abril publiquei aqui no blogue a foto do Cinema Astor de Soncino (Cremona, Italia), hoje deixo a foto do Cinema Fox de Caorso (Piacenza, Italia). Pois encontro-me na mesma situação do 8 de Abril, uma pessoa de que gosto que vai sair da minha vida. É sempre duro deixar ir as pessoas de que se gosta, às vezes estas pessoas querem ir, e são elas proprias que se vão embora, outras vezes nos é que as deixamos ir embora o que é ainda mais dificil.

Hoje estou super-feliz. A foto do Cinema é para o dia de amanha, nem sei se ainda estiver neste mundo, mas se ainda estiver aqui, se Deus quiser, provavelmente amanha será um dia triste. Hoje estou feliz, porque recebi um email lindissimo. Havia muito tempo que não recebia um email assim, um email que me deixou o coração cheio de amor e de felicidade. Sinto-me mesmo bem. E foi um email de despedida. Uma despedida que eu proprio queria. Mas fica um email lindissimo, que me fez feliz, deixando-me levantado de meio metro, com a sensação de voar. Há pessoas que fazem magias com as palavras e eu conheço uma, uma pessoa que devia trabalhar na medicina, devia trabalhar com doentes, porque consegue encontrar as palavras certas para tudo. Fiquei comovido. Ando esquisito. Amanha vou estar triste, porque não vou receber outro email assim, porque não posso receber um email assim, mas por hoje sinto-me feliz, com um sorriso estupido na cara e feliz. Quero agradecer a vida em geral, Deus, e essa pessoa que me fez esperimentar isso, que me fez sentir vivo.

Não vou esquecer essa pessoa especial. Hei de deixa-la ir à vida dela, porque tem que ser assim e pronto, mas fez-me sentir tão bem, tão feliz, que vou lembrar-me dela. Tenho aqui uma foto dela. É LINDISSIMA. É perfeita. Não mudava mesmo nada. Desejo-a , morro de desejo. E nem gosto tanto do corpo dela, é linda sim, mas conheço mulheres mais lindas, mais bonitinhas, mas essa é especial, e não por ser linda, é a cabeça maluca dela que é especial, a cumplicidade que me deu, as palavras que soube escolher.

O que mais me deixou intrigado e preso foram esses segredinhos que me confessou, e que vou guardar só para mim, que eu sou pessoa demasiado reservada.

O que me apetecia neste istante era ir para os braços dela, apanhar o primeiro avião para Portugal. Não vou. Mas se fechar os olhos podia imaginar como seria e sei que gostaria.

Essa pessoa não vai ler isto, provavelmente, mas se passasse por aqui, se descobrisse este post, então queria dizer-lhe simplesmente

obrigado

e

quero-te bem, querida.

e

Não pequenina, não foste tu que chumbaste, eu é que tive medo, ganhaste tu, não perdeste, ganhaste, lembra-te bem disso, comigo ganhaste com certeza.

Somente isso. Simplesmente.

Semplicemente.

A cançao que quero ouvir agora é então essa : semplicemente, dos Zero Assoluto. Acabo este post e vou ouvir.  Já publiquei aqui quer a letra como o vídeo, portanto não vou carregar o vídeo outra vez, contudo está aqui.

 


:

publicado por Il Conte às 15:56
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Feliz...mas com a alma co...

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar