Um espaço italianinho e maluco
Terça-feira, 25 de Novembro de 2008
Para a terrinha (se Deus quiser)

Amanha de manha tenho um compromisso com o Director dos Recursos Humanos da minha sociedade, mas não é no escritório dele e sim nos escritórios da Direcção Geral do Trabalho, para assinarmos juntos um verbal que coloque a palavra FIM nas zangas acerca do dinheirinho que eles me devem e que não me pagaram. Durante muitos meses pagaram-me muito menos do que deviam, quando farto pedi o dinheiro que faltava mas eles sempre a fazerem ouvidos de mercador, apesar de ter falado  com muitas pessoas da sociedade , não conseguí obter que me pagassem o que me deviam, só quando é que cheguei a ameaçar de leva-los frente ao juiz do trabalho é que começaram a aceitar pagar. Fizeram-me uma proposta bastante aceitável, não vou pois receber 100% do dinheiro que merecia, e sim me vão pagar somente uma parte, digamos 70% mas vai ser feito um verbal de acordo na Direcção geral do Trabalho sem ter que embirrarmos frente a um Juiz, e sobretudo pagam-me logo amanha com um cheque depois de eu assinar o acordo, se ao contrario os levasse para um tribunal isso demorava meses/anos que na Itália as causas civis são infinitas, então achei melhor 70% amanha do que 100% daqui a uns meses/anos. Mas é claro que eles nem esse 70% queriam pagar, eles não queriam pagar nada mais do que já me pagaram. Obrigando eu a sociedade a pagar, é claro que as relações ficam logo estragadas: para o ano nem pensar em trabalhar com eles ! Teria que ficar ali até a 31 de Janeiro mas acho que vou-me embora muito antes. Por enquanto vou uns dias para a terrinha já amanha, depois da assinatura, a seguir volto, mas acho que vou ficar com eles somente até o Natal.

Bah...estou farto desta gente, não me dou bem aqui, acho que vou voltar para a terrinha, amanha somente por uma semana, mas acho que vou mudar cedo de maneira definitiva. Vivi o ano de 2008 no norte, em Parma porque no norte outrora ganhava-se mais do que na terrinha, mas agora, com esta crise, é igualzinho: trabalhar no norte ou na terrinha agora é igual, já não faz sentido eu viver aqui, ganhando a mesma quantia então melhor viver na minha terrinha, entre a gente que amo, e no lugar que amo.

Estou-me completamente nas tintas acerca das birras com a sociedade, só quero que amanha o gajo apareça ali com o seu cheque e depois xauzinho vou para L'Aquila !

Estou demasiado feliz que vou para a terrinha, tenho aquelas saudades!!!


: feliz,cheio de vida
Assuntos:

publicado por Il Conte às 22:23
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Terrinha

Countdown

Dia insonso

Às veses eles voltam....

Onore e Gloria

Dois novos amigos

Português levanta o cú do...

Salvar Portugal

Boa vida

Uma vida muito real.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar