Um espaço italianinho e maluco
Quarta-feira, 25 de Junho de 2008
O que seria? Um "bidão" por acaso? Nãooooooooooo..........

Na semana passada um tipo dono de uma grande empresa de construção civil escreveu um email para a sociedade na qual eu trabalho pedindo um encontre, porque precisava de comprar materiais. Segunda feira estava eu à minha mesa no escritório sonhando com negócios que me tornassem rico, nesta época de crise económica na qual os negócios tornam-se cada dia mais difíceis. A colega apareceu no limiar do escritório com o email do gajo na mão, eu lí com alguma esperança e...pois...parecia mesmo interessante! Muito bem, muito bem...sonhando com o negocio do século liguei para o gajo para combinarmos um encontre e ele pediu se eu pudesse ir para o escritório dele. Claro que sim!

E então esta manha fui lá de carro, leva duas horas conduzindo, para lá chegar, fica a uns 200 quilómetros e somente uma parte de auto-estrada. Quando cheguei dei com uma vivenda. Ah? o gajo no email tinha deixado a morada da casa, quando cheguei não estava, uns velhotes ai me disseram que estava (justamente) trabalhando na empresa,  na zona industrial. Ainda bem que tinha o telemóvel dele. Liguei. "Olhe, Senhor X , eu coloquei no tom tom a morada que li no email seu mas pelos vistos aqui é a sua casa, disseram-me que está no escritório, na zona industrial, olhe é só o tempo de lá chegar..."

O que é que o tipo respondeu?

" Ah, pois, desculpe, mas apareceram aqui os da ASL (Azienda Sanitaria Locale)  que querem fazer controlos  acerca do respeito das normas de seguranças nas obras...é melhor o Senhor nem chegar agora, porque não queria que ficasse à espera...olhe, vou chamar eu para a semana para marcarmos outro compromisso..."

 

P...a ! Mas não podia ter avisado, esse palerma, nem que fosse pela manha mesmo, enquanto estava conduzindo? Sempre me poupava duas horas para ir , duas horas para voltar, gasóleo e auto-estrada...

Assim fez-me perder meio dia de trabalho para nada, alem dos custos.

Nossa mas que grande malcriado!

E ainda me queria chamar para a semana para eu voltar outra vez para lá!

Pois que chame!

Será a minha vez de fazer o malcriado com ele...

Não percebo tanta falta de respeito, há pessoas que pensam que, quando compram muito, podem dar-se ao luxo de serem arrogantes pois todos precisariam das suas encomendas.

Mas nas tintas com a encomenda!

Na vida nem há só o dinheiro, eu não sou desses sempre ali a prostituírem-se para fechar qualquer negocio.

Mas agora, queria aproveitar dessa maçada para aprender algo: enquanto conduzia de volta, pensei que na língua italiana, a nível coloquial, entre amigos, chamamos de "bidone" (bidão), uma situação como essa, de compromisso ignorado, esquecido ou cancelado em cima da hora, mas percebi que não sabia se por acaso existe também na língua portuguesa uma palavrinha coloquial para descrever isso. Então esta noite fui ver se por acaso podia ser "bidão" , claro que sabia perfeitamente que não fazia sentido nenhum traduzir assim...mas quis fazer igualmente a tentativa, e fui ver no dicionário de português online , mas como era de esperar, bidão em português não tem esse significado coloquial.

Mas agora fico curioso!

Será que um leitor meu me ia dar uma mãozinha explicando-me qual a palavrinha de português coloquial para descrever isso ? Se por acaso existe, claro.

Como tenho também leitores Brasileiros queria aprender também a versão Brasileira, caso exista e seja diferente da do Português europeu. Agradeço desde já quem quiser ser meu "tutor".


:

publicado por Il Conte às 20:41
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Pâmelli a 26 de Junho de 2008 às 16:38
Não tenho certeza se entendi bem o que é 'bidone' - é a situação ou a pessoa neste caso??
Se fôr a situação , no Brasil nós diríamos que você 'entrou numa furada...' :-)) , ou ' se deu mal...' , ou ' se ferrou...' :-)))
Em se tratando da pessoa que o colocou nessa situação, se não estiver com muita raiva ( puto! :-))), você diria que ele é um 'cara de pau' ou um ' cara folgado...'
Já se estiver com muita raiva do sujeito , diria que ele é um FDP (filho da puta...) !! lol
Agora é com os portugueses para lhe dar sua versão...:-))
Pamelli


De NEOABJECCIONISMO a 28 de Junho de 2008 às 07:36
Il Conte. A versão Portuguesa não difere da Brasileira, na mais raivosa das emoções. Seguramente, "filho da puta". Mais atenuada, seria, fiasco. Balda. Népia. Raia etc...
Um dia, num cliente cujo representante nunca estava disponível para me atender, chegado à empresa onde eu trabalhava, pedi explicações ao gerente da empresa nossa cliente. Este, muito amável, extremamente amável, marcou uma reunião para pôr fim à situação.
O meu gerente autorizou que eu fosse à dita reunião, Sendo que eu estava em Lisboa e o cliente era no Algarve, no conjunto ida e volta, 600 km.
Chegado lá, mandou dizer, em cima da hora, que não podia receber-me, que tinha surgido um problema urgente de última hora.!...
Mas que grande filho da puta e tão simpático!...
Um abraço amigo e creia que gostei do seu espaço de reflexão.


De Il Conte a 28 de Junho de 2008 às 10:12
ah ah ah...pois, pois...acontece a mim também, de vez em quando, é verdade que depois de tantos anos no sector comercial, a vender produtos e serviços um bocado estou vacinado para evitar de apanhar dores no fígado quando isso acontece ( e acontece) mas claro que é sempre aquela seca!
Alem das percas de tempo e dinheiro o que mais me ofende é a arrogância de tal sujeitos convencidos de serem tão importantes que nem precisariam de avisar para cancelar / adiar compromissos. Todos temos telemóveis , não ?
Bah ...mais vale nem pensar nisso e gozar do fim de semana. E depois, com um pequeno sadismo , leio que isso acontece também ao amigo português : como se diz na Itália : mal comune , mezzo gaudio ...mal comum=meio prazer.
Ah.. não faltam romanticos em Portugal...se quiser que lhe diga a verdade, ao ler o que escreve, o amigo parece mesmo um desses desgraçados que, tal como eu, ainda acreditamos no amor e nas mulheres, aposto que voce é aquele romantico ! Eu também sou, mas nem sempre, muitas vezes sou muito mauzinho, egoista, sou mau rapaz, fiquei magoado por umas mulheres mas também magoei eu varias vezes...acho que "empatei" , para assim dizer.
tenha um bom dim de semana. um abraço.


Comentar post

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Terrinha

Countdown

Dia insonso

Às veses eles voltam....

Onore e Gloria

Dois novos amigos

Português levanta o cú do...

Salvar Portugal

Boa vida

Uma vida muito real.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar