Um espaço italianinho e maluco
Sábado, 7 de Junho de 2008
CH3OH . VINHO MATA MAIS UM ROMENO.

Depois de cinco dias no Hospital Umberto I de Enna (Sicilia,Italia) morreu hoje o romeno Micu Mirceu, de 41 anos, imigrado na Itália, que tinha entrado no hospital na terça feira passada depois de ter bebido vinho no qual tinha colocado metanol. Os imigrados do leste, principalmente romenos, chegam na Itália sem vintém, levam vidas absurdas, na pobreza ou na criminalidade, e para se consolarem utilizam o vinho no qual colocam metanol. Geralmente compram vinho barato e depois colocam no vinho metanol que encontram em detergentes para a limpeza da casa, para assim acrescentar o efeito alcoólico do vinho já que nem têm dinheiro para comprarem licores no supermercado, então tentam fazer licor em casa : vinho barato mais detergentes ! Realmente estou sem palavras. O meu pais invadido por esta gente...realmente...

Já são 13 os desgraçados que morreram assim na Itália desde a entrada da romenia na União Europeia e a invasão da Itália por parte dos imigrantes romenos.

Mas porque é que vivem assim?

É isso que ninguém aqui consegue entender, aceitar ou perdoar. Violência e estupidez, só mesmo isso. O pais está cheio de africanos, tirando os norteafricanos, que frequentemente são preguiçosos, ofendem ou tentam violar as mulheres italianas e vendem drogas, se olharmos por exemplo aos imigrantes africanos vindos de países como Ghana, Senegal ou desde as ex colónias africanas da Itália, podemos ver como todos eles trabalham na ordem e na lei, respeitando o pais em que vivem, respeitando as pessoas, sem fazerem crimes, sem incomodarem ninguém. Dizer que os Italianos são racistas é uma grande estupidez, os Italianos devem ser entre os menos racistas do planeta, alias geralmente até acham simpatia para os estrangeiros, e aqui ninguém tem nada contra indianos, filipinos, chineses ou africanos, todas pessoas de cor da pele diferente, de religião diferente...então qual o problema? Integraram-se na sociedade italiana, trabalham, portam-se bem, concorrem ao bem desta nação que aprenderam a amar.

É pena, mas não se pode dizer o mesmo dos romenos ou dos albaneses. É verdade que também entre eles há algumas boas pessoas, não digo que não , mas a percentagem desses que vivem como animais é enorme!

Romenos larguem-nos, voltem para a sua terrinha beberem vinho com detergente, ainda temos que gastar o dinheiro dos contribuintes italianos para tratarem de vocês nos hospitais italianos. Frequentemente nos hospitais italianos conseguem salvar vocês, segundo a Organização mundial da saúde, a Itália estaria no segundo lugar no mundo (depois da frança) como qualidade da assistência medica publica e gratuita do serviço de saúde do pais, nos eua também há uma óptima assistência medica mas só se tens o cartão de credito com saldo, porque se não tens dinheiro deixam-te morrer na rua como um cão.

Es um aspirante imigrado romeno?

Achas que vale mesmo a pena chegar a Itália para conduzir uma vida de merda, odiado pelos Italianos, só para morreres num hospital depois de 5 dias entre a vida e a morte por teres bebido esse cocktail de que tanto gostas: vinho barato mais detergente?

Será que vale mesmo a pena?

Porque não procuras um emprego na tua pátria em vez de ires a Itália para viveres como um animal?


:

publicado por Il Conte às 14:38
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Terrinha

Countdown

Dia insonso

Às veses eles voltam....

Onore e Gloria

Dois novos amigos

Português levanta o cú do...

Salvar Portugal

Boa vida

Uma vida muito real.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar