Um espaço italianinho e maluco

Terça-feira, 25 de Novembro de 2008
Mexericos e óptimismo, alias "ótimismo" pamelliano.

Ontem escrevi aqui no blog que eu não posso com a televisão italiana, cheia de tantos programas-lixo. Quero voltar hoje a tratar isso e até venho a sujar o meu blog com mexericos!!! Eu detesto mexericos!!! Mas hoje vou fazer...porque são mexericos que me enchem de alegria e daquele "ótimismo à Pamelli".

Essa tipa da foto chama-se Antonella Clerici, tem 46 anos e é uma condutora dum programa-lixo sobre jogos com receitas de cozinha que aparece na televisão italiana do estado, o gajo chama-se Eddy Martens, tem 30 anos (olhem só a Antonella que espertinha!) e era um simples animador duma aldeia turística em Marrocos, ele vem do Congo mas tem algo também de origem da Bélgica, é um mulato africano. Conheceram-se quando a Antonella estava de ferias e apaixonaram-se, isto é, ela apaixonou-se provavelmente sobretudo do corpo dele, e ele provavelmente sobretudo do dinheirinho e do puder dela. E assim a Antonella Clerici, depois de dois divórcios tem agora este novo parceiro. Logo arranjou uma cunha para ele e agora arranjou-lhe um emprego na televisão do estado onde ela também trabalha e o gajo, que era um simples animador turístico, agora é um autor de programas RAI e ganha um ordenado de sonho (as voltas que a vida dá!). Além da cunha descarada a Antonella pensou também de ficar grávida dele, e assim agora, com 46 aninhos, a loira está a espera duma menina.

E contudo não quero fazer o moralista, alias quero abençoar esse par, que Deus os abençoe, não me importo com cunhas, com a diferença de idade, é tudo com eles, nem me interessa se foi mesmo amor ou se houve muitos cálculos, tudo isso é com eles.

Eu desejo-lhes que sejam felizes, e que a menina seja lindinha como o pai.

Quis sujar o meu blog com mexericos por uma razão: há uns dias num comentário a um post da amiga e colega blogger Pamelli acerca do meu carro tipo família escrevi que, sim, quem me dera eu ser pai, eu bem gostava, mas para isso se calhar devia arranjar uma parceira mais jovem de uns 15 aninhos, pois a minha portuguesa preferida está na mesma faixa étaria minha e da Pamelli. A Pamelli, que tem aquele "ótimismo" maravilhoso respondeu-me que nos EUA não são raros os casos de mulheres que chegam a serem mães na casa dos quarenta anos. Ahh...que "ótimismo", pensei...

Depois hoje, a ouvir falar da historia da Anonella Clerici e do Eddy Martens, então pensei:

Capaz que a amiga Pamelli tenha mesmo razão...

NEVER SAY NEVER AGAIN !

 

Pamelli, olhe, quero adoptar esse seu ótimismo e sonhar com um futuro lindo para mim e para a pessoa que amo, sei que você não se importa por eu adoptar a sua visão otimista da vida.

 

P.S.  Eu geralmente escrevo óptimismo e óptimista, mas neste post quis escrever ótimismo e ótimista como uma pequena homenagem à Pamelli, que é Brasileira. (É TAMBÉM GRINGA !)

 


:

publicado por Il Conte às 12:48
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008
Giusy Ferreri - "Novembre" (música italiana actual)

Se há coisa que detesto é ouvir os estrangeiros a falarem da Laura Pausini ou do Eros Ramazzotti quando falam da música italiana. Eu não posso com eles, realmente! E poucos gostam deles na Itália, e assim para eles venderem foram obrigados a saírem fora do pais e de facto encontraram êxito na Espanha e na Argentina. Porque é que os Argentinos gostam desse estilo lamecha? Só mesmo Espanhóis e Argentinos para apreciarem a Pausini e o Ramazzotti.

Quis então abrir uma janela sobre o que passa agora na Itália, sobre a música de que gostam os Italianos nestes dias. Uma cantora de que os Italianos estão a gostar muito é a Giusy Ferreri, não é feia e canta muito bem, tem um estilo diferente, um carácter, um feitio diferente.Coloco aqui o vídeo da canção "Novembre"

Também gostei do vídeo, que foi filmado em Paris, e portanto quem sabe, dava para a Pamelli ou a Tammi, que tanto gostam dessa cidade poderem matar saudades...

Quanto à musica a Tammi se calhar ainda gostava, a Pamelli duvido!!!

 

 


:

publicado por Il Conte às 18:56
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|

Segunda-feira, 11 de Agosto de 2008
Que tal duma lutazita contra uma mulher italiana?

Cuidado com as Italianas, meus amigos, podem ser gatinhas perigosas!

Cuidado que arranham !

Vá, um bocadinho de beleza e sensualidade italiana no meu blog a fazer um boom de visitas!

Este é pois um experimento cientifico: falas de mulheres e o teu blog recebe muitas visitas!!!

Ah, ah, ah...que coisa tão engraçadinha!!!

Mas eu falo de tudo, esta noite apetecia-me só brincar um bocado...

Vá, meus amigos tugas e brasileiros, fechem os olhos e sonhem com apanharem desde uma mulher italiana!

Capaz que gostavam!

Bem, não há nada de mal, quem não gostava duma lutazita com uma bela mulher?

 

Valentina Vezzali, Medalha de Ouro (hoje)

 

 

 

Giulia Quintavalle, Medalha de Ouro (hoje)

: com vontade duma lutazita...

publicado por Il Conte às 19:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Terça-feira, 17 de Junho de 2008
Roma? Veneza? Nãoooo....Sardenha! (Elisabetta Canalis)

Ontem aconselhei à rapaziada jovem de ir de ferias para a Sicília, deixando estar Roma (que está cheia de imigrados romenos e albaneses) e deixando estar Veneza, cheia de turistas japoneses...muito melhor a Sicília, boa comida, clima excelente , paisagens de sonho, cultura e mulheres muito lindas e quentinhas.

Mas como não queria que pensassem que a outra grande ilha italiana, a Sardenha, fosse uma espécie de "filha da criada" então hoje vamos lembrar também a Sardenha.

A Sardenha não tem a mesma beleza arquitectónica da Sicília, a nível cultural pode oferecer menos, a Historia da Sardenha foi bem mais tranquila da irmã e não pode oferecer ao turista tanto quanto oferece a Sicília em termos de historia, de cultura, de beleza das cidades...Agrigento...Siracusa...as cidades da Sicília são mais belas...

Mas a nível de paisagem a Sardenha também é lindíssima, um bocado mais austera, provavelmente. E se quisermos falar de mulheres,  as mulheres da Sardenha são tão lindas como as da Sicília, ontem uma linda Siciliana, a Anna Valle, e hoje uma linda Sarda, Elisabetta Canalis. Agora, se tu, leitor, és desses que gostam de ver igrejas e museus, então a sugestão é: Sicília, mas se tu és um rapaz dos seus 20 anos que quando de ferias nunca entra em igreja nenhuma e está-se nas tintas com os monumentos, ouve os conselhos deste teu "tio" italiano que tem uns aninhos mais de ti, então a sugestão é: tanto faz! Raparigas lindíssimas encontras tanto na Sicília como na Sardenha. Outra vantagem das ilhas é que têm poucos imigrados, menos do que encontras na Italia continental. Roma, Veneza, Firenze, são cidades demasiado internacionais, goza antes a beleza tipicamente italiana, escolhe de passar as tuas ferias na província, deixa estar os caminhos turísticos e vem conhecer os Italianos e as Italianas.

Elisabetta Canalis...

 

 

No vídeo, duas raparigas a cantarem uma canção em dialecto da Sardenha, acompanhando de guitarra.

 

 

Aqui a mesma canção cantada pelos Tazenda, feat Eros Ramazzotti

Ah....mais uma coisa...se encontrares um Siciliana podes deixa-la admirada se de vez em quando disseres um "Miiiiii" , mas nada de "Miiiii" em Sardenha, ouviste ? Se quiseres deixar admirada uma amiga sarda, quando falares com ela, diz de vez em quando "aiô !" uma interiecção sarda tão tipica como a siciliana "miiii".

Olha, em Agosto, se Deus quiser, eu vou passar duas semanas em Portugal , para mudar de ar, já que vivo o ano todo nesta linda bota que se chama Itália, mas tu, deixa estar Cascais, Estoril , Algarve ou Copacabana e vai mas é para Sicilia ou Sardenha, depois quando voltares me vais agradecer a sugestão, vais ver.


:

publicado por Il Conte às 20:36
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Segunda-feira, 16 de Junho de 2008
Anna Valle

A Portuguesa dos meus sonhos, como já tive modo de confessar neste meu blogue, é a Lúcia Moniz. Enquanto entre as nacionais minhas, a Italiana dos meus sonhos é a Anna Valle, (siciliana). Eu não tenho nada contra ruivas e loiras....mas....

Olha, se por acaso conheceres uma Siciliana lembra que são geralmente mulheres tradicionais e conservadoras, são muito apaixonadas e possessivas e muito ciumentas, mas gostam de cavalheirismo e de homens capazes de tratar a mulher com respeitinho.

Se quiseres começar bem, com uma mulher siciliana ensino-te umas palavritas úteis:

1)" Miiiiiiiiiii "  (caramba!) - para expressares surpresa - toda a siciliana diz (e só mesmo a mulher siciliana!).

2) "Baciamo le mani"  (beijamos as mãos) - para cumprimentar quando te despedires dela, dito na primeira pessoa do plural também se estiveres sozinho à presença dela - baciamo le mani. Pode soar um bocadinho mafioso, mas é um sinal de grande respeito nas formas de tratamento sicilianas ( e só mesmo na Sicilia!) , ainda lhe roubavas um sorriso, que ela não  esperava ouvir isso por um estrangeiro. Mas nunca te atrevas a utilizares miiiii ou baciamo le mani com Italiana Continental, ouviste? Só e unicamente com Sicilianas!!!

Olha, se és um rapaz dos teus 20 e tal anos e quiseres ir de ferias à Itália, ouve os conselhos deste teu  "Tio" velhote : esquece tudo acerca de Roma e Veneza e vai mas é para o sul, quanto mais para o sul, melhor, digamos desde Nápoles para sul. Vais encontrar mulheres mais difíceis para conquistares, terás mais trabalho, mas olha que vale a pena, porque depois são muito mais quentinhas!!! E um dia ainda me vais agradecer a sugestão. Deixa estar Veneza, não é feia, mas aquilo é só chineses e japoneses :

Sicília!

 

 


:

publicado por Il Conte às 22:51
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 11 de Junho de 2008
A minha próxima esposa deve andar por ai algures

Eu ainda não sei como se chama a minha próxima esposa, a próxima mulher que vai aceitar casar comigo. Mas já sei muita coisa dela: sei que é Portuguesa. Pode ter nascido em Lisboa, em Luanda ou nos Açores, e morar em Portugal, na China ou na Austrália, eu sei lá, mas com certeza é Portuguesa, nasceu numa terra que é ou já foi portuguesa, por famílias portuguesas, uma Portuguesa de quatro costados. Sei também que é morena, não tenho nada contra loirinhas ou ruivas mas gosto mais de morenas. Sei que é pequenina, apesar de eu ser bastante alto, não gosto de mulheres demasiado altas, digamos que com certeza não é mais alta de 170 centímetros.

É conservadora, acredita no direito à vida (contraria ao aborto), é católica, acredita nos valores tradicionais , ama a pátria dela (possivelmente sem ter nada contra a minha), gosta de trabalhar e trabalha duro, é poupada, é reservada, fala, mas também ouve. A minha cara metade é uma pessoa paciente porque eu sou muito maluco e é preciso ter muita paciência comigo. A minha cara metade gosta de viajar por esse mundo fora e sempre que tem ferias faz a mala e parte, nem que seja  num voo low cost.

A minha cara metade é boa cozinheira e me vai deliciar com pratos portugueses e italianos. A minha cara metade tem a boca e o olhar tipicamente portuguesinhos.

Há? E como seriam uma boca feminina bem portuguesinha ou um olhar feminino bem portuguesinho? Bem....por exemplo seriam os da Lúcia Moniz, acho que ela representa muito bem a típica beleza portuguesinha, basta olhar para ela e vê-se logo que :

1) É mesmo muito bonita.

Ah...quem me dera encontrar uma parceira parecida com esse sonho que é a Lúcia Moniz...

2) É mesmo Portuguesa.

Ah...quero uma esposa bem portuguesinha tão lindinha como a Lúcia Moniz, ela deve andar por ai algures e eu hei de encontra-la.

 


:

publicado por Il Conte às 22:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Mexericos e óptimismo, al...

Giusy Ferreri - "Novembre...

Que tal duma lutazita con...

Roma? Veneza? Nãoooo....S...

Anna Valle

A minha próxima esposa de...

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar