Um espaço italianinho e maluco

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008
Suspeitas.

Este post foi escrito num internet point, devido ao teclado à italiana, faltam no texto todos os acentos graficos portugueses.

 

Esta tarde ligou-me a minha mae, estava muito triste, coitada, pela manha uns ladroes assaltaram a casa dos meus pais e levaram todas as joias que encontraram. So levaram ouro e mais nada. Quero agradecer o Senhor que os meus pais estavam embora durante o assalto, pois podia ser perigoso, ainda bem que nao lhes aconteceu nada de grave. A mae ficou particularmente magoada nao pelo valor material do ouro levado, que afinal nao é grande coisa, os meus pais nao eram ricos antes e nao sao pobres agora, e sim ficou muito magoada pela perca de coisinhas que lhe lembravam pessoas queridas, o pai dela, os presentes que o meu pai ou outras pessoas lhe fizeram. Mal deixei Parma para voltar para L'Aquila , a casa dos meus pais em Parma foi assaltada.

Suspeitas?

Tenho, sim.

No predio onde moram os meus pais so moram outras tres mulheres idosas, duas irmas no andar de cima e uma senhora viuva no andar de baixo. Como precisam de assistencia ha mulheres de leste de Europa que entram no predio para trabalharem, uma é romena e duas sao polacas. Nao me importo nada ser acusado de ter preconceitos mas penso que essas imigradas de leste tem muito a ver com o que se passou, ainda que nao foram elas pessoalmente, acho que deram informaçoes a amigos seus para o assalto, um assalto de segunda às 10 da manha? Enquanto os pais estavam às compras no supermercado? Aquilo foi feito com a ajuda de uma pessoa que deu informaçoes de telemovel. Nao sei se foi a romena ou uma das polacas, mas acho que uma delas foi. Depois do Shengen e da entrada de Polonia e Romenia na UE a criminalidade na Italia descolou, ja nao temos mais espaços nas cadeias para tantos criminosos, mais de metade das pessoas nas cadeias italianas sao imigrados ilegais, a maioria deles de paises de leste de Europa. Nao me importo de parecer racista, eu sei que nao sou, nao tenho nada contra imigrados, so tenho contra criminosos, nao tenho nada contra africanos, indianos, latinoamericanos que imigram na Italia para trabalharem, mas os de leste sao realmente uma praga. Eu sei que ha romenos e albaneses de bem, claro que ha, mas infelizmente entre eles a percentagem dos criminosos é muito mais alta do que acontece com imigrados de outras nacionalidades.

Sonho com uma Uniao Europeia sem os paises de leste, com penas duras para os criminosos, especialmente se imigrados ilegalmente.

O Shengen foi o maior erro politico europeu dos ultimos anos.

No meu site ha um serviço de estatistica da vivistat, que me da informaçoes acerca das palavras procuradas no meu blog: inumeros visitadores chegam no meu blog para ler os post sobre o codigo utilizado pelos romenos para os assaltos.

Eu so posso repetir mais uma vez o convite que ja fiz muitas vezes, pq "quem me avisa, meu amigo é".

Vai ser dificil abolir o Shengen.

Vai ser dificil ter outra vez a nossa linda Europa de outrora, ocidental e crista e livre desses criminosos de leste.

Entao fazer o que?

A unica coisa que podes fazer é tentar fazer todos os possiveis para dificultar a instalaçao de romenos e albaneses em Portugal.

Como?

Simples:

  1. Nao ofereças um emprego a um romeno
  2. Nao alugues uma casa a um romeno
  3. Nao seja amigo de romenos
  4. Nao cases com pessoa de nacionalidade romena
  5. Nao des nenhuma informaçao a um romeno
  6. Nao ofereças boleia a um romeno
  7. Nao digas que horas sao a um romeno
  8. Tenta evitar qualquer tipo de contacto com pessoas de leste da Europa.

Cada romeno ou albanes que se instalar no teu pais é um potencial criminoso, porque entre eles a percentagem dos que vivem fora da lei é bem mais alta do que acontece com os outros europeus, hoje tu podes fechar um pequeno negocio com ele, vendendo-lhe ou alugando-lhe algo ou oferecendo-lhe um emprego por um ordenado mais baixo, mas amanha ele podia assaltar a casa dos teus pais ou dos teus filhos.

Eu nao tenho nada contra os romenos que ficam na romenia a tentarem fazer algo de bom para o pais dele, mas estou contra  romenos que imigram sem vintem em outros paises europeus e depois encontram maneiras rapidas mas nada legais para arranjarem dinheiro.

Malditos esses que assinaram o acordo de Shengen.

Disse para a mae de instalar em casa um alarme e um cofreforte, comprei um fecho ,mais robusto para a minha propria casa, mas toda a cautela é pouca.

A Italia era um pais lindo.

A Europa de outrora era um continente lindo.

Estragaram tudo, estao a vender as nossas patrias a romenos polacos e albaneses ao preço duma banana.

Nao sejas cumpice desta vergonha. Defende o teu pais, defende a tua patria, a tua familia, luta contra a difusao da criminalidade de leste na Europa, pede leis mais duras, apoia os partidos politicos do teu pais que tem politicas mais duras contra os imigrados ilegais.

Nao estas obrigado a deixar o teu pais ir à merda.


: irritado

publicado por Il Conte às 17:19
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008
Morrer com 19 anos pelo roubo dumas bolachas.

Ando realmente muito preocupado com a violencia que está a andar à solta sem travões pelo meu pais. Hoje um jovem de origem africana (Burkina Faso) mas com cidadania italiana, um cidadão italiano como os outros, com somente 19 anos de idade foi morto na rua. A sua culpa: ter roubado umas bolachas num quiosque. Foi seguido pelos donos do quiosque, pai e filho, que agrediram-no na rua com insultos racistas e mataram-no. A mim parece-me uma morte mesmo absurda, matar uma pessoa por ter roubado umas bolachas....apagar uma vida com 19 anos...

Tudo isto não faz sentido. Os dois criminosos que mataram este jovem já foram apanhados pela policia, eu não vou encontrar nenhuma desculpa para o crime absurdo que cometeram, não se mata uma pessoa por ter roubado umas bolachas.

Por outro lado nem devemos fecharmos os olhos perante uma situação de grande cansaço dos Italianos com toda esta criminalidade que anda à solta pelo pais. Não se mata uma pessoa por ter roubado umas bolachas mas também digo que não se deve roubar, não se deve roubar nada, nem sequer bolachas. Infelizmente o nivel da criminalidade na Itália continua subindo, já nem temos lugares nas cadeias para tantas pessoas que cometem crimes. Tivemos que libertar 27.000 pessoas com uma amnistia, para fazer um bocado de espaço nas cadeias, soltando os criminosos com crimes menores, desses 27.000 pessoas soltas, em poucos meses, mais de 10.000 já estavam outra vez na cadeia por ter cometido outros crimes logo que sairam.

O problema é também muito ligado à invasão de imigrados que de todos os cantos do mundo tentam desesperadamente imigrar na Europa, muitos deles conseguem encontrar empregos e então integram-se na sociedade, por exemplo aqui na Itália temos muitos Indianos, Paquistanos , Brasileiros, Argentinos, Filipinos e Ghanianos perfeitamente integrados, trabalham, pagam as taxas, vivem à italiana. Mas temos centenas de milhares de pessoas absolutamente não integradas, que vivem clandestinamente no territorio nacional, sem emprego, frequentemente sem casas, e claro, quando a fome aperta é normal inventar uma maneira, seja qual for, de arranjar dinheiro para comer, mais ou menos legal que seja. Mas acho que não vamos ajudar o terceiro mundo permitindo que todo o terceiro mundo se mude para Europa, não deve ser essa a solução acho, parece-me mais inteligente uma politica de ajudas internacionais menos paternalisticas e mais eficazes, parando de ajudar ditadores corruptos e permetindo o desenvolvimento de democracias baseadas no trabalho e no direito.

Grande sonhador, hem?

Então fazer o quê? Já sei: nada, deixarmos simplesmente encher a Europa de fomintos chegados pelos quatro cantos do planeta.

Isto não é sermos cristãos, é mais sermos preguiçosos e hipocritas, acho.

Depois o que acontece é a violencia à solta nas ruas e rapazes com 19 anos mortos somente por terem cor da pele escura , apesar de serem cidadãos como os outros, somente por terem roubado umas bolachas.

Seria preciso mudarmos de rumo, e urgentemente.


: preocupado

publicado por Il Conte às 19:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sábado, 28 de Junho de 2008
The Invaders

 

 

   
   
   

 

Antigamente nas casas italianas podiam encontrar-se avisos a dizer que os donos da casa não estavam para ficarem chateados pelas testemunhas de jeová, agora os cartazes ficaram actualizados:

  • não testemunhas de jeová
  • não extracomunitários
  • não ciganos

:

publicado por Il Conte às 21:40
link do post | comentar | favorito
|

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Suspeitas.

Morrer com 19 anos pelo r...

The Invaders

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar