Um espaço italianinho e maluco
Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008
Ouvir os dialectos da língua italiana com os Simpson

A língua portuguesa que se fala em Portugal continental é muito uniformizada, um alfacinha pode dizer "tanho" em vez que "tenho" e um tripeiro pode dizer "libro" em vez que "livro", mas de facto os dialectos portugueses têm poucas diferenças com a língua padrão e entre eles. Na Itália é diferente, mudando de região muda muito o dialecto e muda o sotaque, os vários dialectos são muito diferentes do italiano correcto e são muito diferentes entre eles. Assim se uma pessoa de Milão e outra de Nápoles falassem entre elas nos próprios dialectos podiam ter problemas de compreensão!!!

 

Aqui uns exemplos de dialectos italianos: Os Simpson dobrados, falados em dialectos italianos diferentes.

 

Simpson falado no dialecto de Veneza

 

 

Simpson falado no dialecto de Nápoles

 


:

publicado por Il Conte às 19:11
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De Pâmelli a 13 de Dezembro de 2008 às 01:10
Eu sempre ouvi dizer que o povo do norte da Itália é mais metido que o do sul e que até discriminam os italianos de lá ; que Veneza é muito mais 'chique' e rica do que Nápoles etc..etc... Mas ,pessoalmente, quando fôr novamente à Itália, pretendo visitar o sul pois penso que as pessoas lá devem ser muito mais simpáticas, sorridentes e alegres! ( Pelo menos esta é a impressão que se tem...)

Quanto ao vídeo ...:-))) - tambem achei o dialeto de Nápoles muito mais divertido e musical do que o de Veneza , que até me pareceu um pouco com o alemão falado na Aústria !
Yikes...
Abraços, Pamelli.


De Il Conte a 13 de Dezembro de 2008 às 09:07
Há grandes diferenças, Pamelli , sim. Esquisito por um pais relativamente pequenino como a Itália. Há uns dias este pais ultrapassou os 60.000.000 de pessoas, mas o território é pequenino, e contudo o dialecto muda às vezes radicalmente já com distancias de 50 quilómetros
No que respeita o estilo de vida, há diferenças enormes. Os nortenhos trabalham de maneira mais eficaz e produtiva, isto por varias razões: proximidade aos outros países europeus, ligações logísticas melhores, mentalidade diferente, mas trabalham também de maneira mais fria, e trabalham menos horas. No sul há problemas conhecidos: criminalidade organizada, ligações rodoviárias menos rápidas , etc , as pessoas trabalham de maneira mais calma, mas é também verdade que trabalham mais horas, portanto acho que trabalham tanto quanto no norte, mas demoram mais tempo e por ordenados piores. Mas como na vida não existe somente o trabalho, e trabalha-se para viver (não se vive para trabalhar) então é preciso analisar outros factores: no sul come-se melhor, as relações entre as pessoas são mais quentes e amigáveis , o resultado é que no sul vive-se mais, as pessoas do sul vivem mais anos das pessoas do norte. O dialecto de Nápoles é divertidíssimo , serio, até para nos Italianos, o de Veneza, depende, quer dizer, quando falado pelas mulheres ainda é giro, mas quando falado pelos homens é horrível (parecem uns maricas !!!). Eu vivi no norte e no centro, e viajei muito no sul. Viver no sul é mais dificil , mas é mais gostoso, viver no norte é mais fácil mas mais triste. Em resumo: melhor viver no centro! E é o que vou fazer, para a Semana, se Deus quiser, volto à minha vida em L'Aquila , vou partir na Sexta se Deus quiser.
Ah...Nápoles vale sem dúvida a viagem, é uma cidade única, não pelos predios e sim pelas pessoas!
Há um ditado italiano que diz:
VEDI NAPOLI E POI MUORI
(DEPOIS DE TERES VISTO NAPOLES PODIAS ATÉ MORRER POIS TERIAS VISTO O QUE HÁ DE MAIS INTERESSANTE NO MUNDO)


Comentar post

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Terrinha

Countdown

Dia insonso

Às veses eles voltam....

Onore e Gloria

Dois novos amigos

Português levanta o cú do...

Salvar Portugal

Boa vida

Uma vida muito real.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar