Um espaço italianinho e maluco
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008
Entrevista de trabalho na RSM

 

 

Hoje, voltando de L'Aquila para Parma, parei em Falcioni ,uma pequena vila da Republica de San Marino. A RSM é um pequeno estado independente que fica situado no interior da Itália, portanto toda a pequena Republica de San Marino está rodeada por territorio italiano e só tem fronteiras com Itália, e contudo ali não é Itália, fala-se Italiano mas é outro estado. Quando a Itália formou-se como nação unica, por varios pequenos estados que se juntaram para formar uma unica nação, San Marino recusou-se juntar-se aos outros e orgulhosamente preferiu ficar fora da Itália, como estado independente. Que teimosia, hem?

Hoje a pequena Republica atrai muitos turistas e homens de negocios, ali as taxas são bem mais baixas do que na Itália, fazem-se bons negocios. Eu fui chamado para uma entrevista , uma sociedade de lá está interessada em entrar no mercado português, mas vai demorar um bocado, uns meses antes de eles comeÇarem a vender também em Portugal. Mas ficaram mais de duas horas a falarem comigo e algo começa a mexer na direção dos meus sonhos. Eu não queria receber um ordenado portuguesinho, queria trabalhar em Portugal mas por uma sociedade italiana...e agora surgiu esta oportunidade com uma sociedade da RSM ! Eu nem estava a pensar na RSM !!!

Mas ok, também serve. Veremos, seria um trabalho duro, eles por enquanto em Portugal ainda nem tem um unico cliente. Veremos...eles estão planeando atacar o mercado português daqui a uns meses, mas já para o ano. Contudo eu continuo a procura, a entrevista correu bem e há possibilidades com eles, mas continuo procurando, enquanto não tiver um contracto assinado eu continuo a procura. Para a semana, na Terça, tenho outre entrevista em Verona. Agora estou outra vez em Parma, amanha volto ao meu trabalhinho, mas se Deus quiser a 22 de Dezembro volto outra vez para L'Aquila.

A fronteira entre a Republica Italiana e a Republica de San Marino com a bandeira da RSM (branco e azul com brasão)

(imagem tirada da internet)

O passaporte da Republica de San Marino, azulinho, como o dos EUA.  Imagem tirada da internet
Matricula de carro da Republica de San Marino. Imagem tirada da internet.

 


: óptimista e também ótimista

publicado por Il Conte às 22:49
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Marta a 4 de Dezembro de 2008 às 23:33
Eu não sou de invejas mas só de pensar que estás por Itália .. dá-me uns nervos eheehehee

Beijinhos e vai continuando a contar tudo que eu adoro esse pais


De Il Conte a 5 de Dezembro de 2008 às 00:09
bem, sendo eu italiano é bastante normal eu estar na Itália (mas hoje passei tb umas horas "fora" da Itália, na RSM...
E também podia muito bem viver em Portugal, alias quero mudar para lá, pois lá vive a pessoa que amo.
Abraços


De Marta a 5 de Dezembro de 2008 às 09:15
Vamos fazer um intercambio trocamos eheheheheh:-)


De Il Conte a 6 de Dezembro de 2008 às 17:37
OK, COMBINADO!


De Pâmelli a 5 de Dezembro de 2008 às 17:03
Muito bem , Conte , e boa sorte!
As vezes nossos sonhos acabam se realizando de uma maneira ligeiramente diferente daquilo que esperávamos- e frequentemente muito melhor! :-)

San Marino dever ser realmente interessante e único, mas para os brasileiros é um lugar que traz recordações muito tristes. É que foi alí que, em 1994 , morreu Ayrton Senna...:-((


De Il Conte a 6 de Dezembro de 2008 às 17:33
Obrigado pelos desejos de boa sorte Pamelli , ainda que seja muito cedo para eu deixar-me tomar pelos entusiasmos, mas algo começa a mexer, sim e estou óptimista.
Olhe, em relação ao grande Senna não é bem assim, quer dizer, ele não morreu na RSM . A RSM é uma Republica pequenina que não tem uma pista para GP de Formula 1. A Itália tem duas pistas boas para a F1 , a de Monza (norte de Milão) na qual corre-se o GP da Itália, e depois há outra, em Imola, a poucos quilómetros da RSM , mas sempre em território nacional italiano. Como não seria justo termos dois GP na Itália, os outros países não estariam de acordo, então o GP que se corre na pista de Imola é o GP de San Marino, mas de facto corre-se em território nacional italiano. O Senna teve azar coitado, por uma avaria do carro o carro não podia voltar, ele ia a 300 quilómetros hora quando foi direito contra o muro em vez de voltar na volta do Tamborello . Foi levado de helicóptero para o hospital de Bolonha, um dos melhores hospitais do pais, e os medicos realmente fizeram todos os possíveis para salva-lo mas infelizmente os golpes na cabeça foram-lhe fatais. O Senna deixou tristíssimos os Italianos também. Juntamente com o Villneuve o Senna foi um dos pilotos mais amados pelos Italianos, não só pela sua capacidade desportiva. como também pela pessoa que ele era, quente, simpático , com uma carga de grande humanidade. Deixa muitas saudades, um grande piloto mesmo. Mas não vale a pena associar a RSM à morte dele, A RSM só dava o nome a um GP que afinal era o segundo GP da Itália.
GRANDE SENNA !


Comentar post

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Terrinha

Countdown

Dia insonso

Às veses eles voltam....

Onore e Gloria

Dois novos amigos

Português levanta o cú do...

Salvar Portugal

Boa vida

Uma vida muito real.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar