Um espaço italianinho e maluco
Sábado, 29 de Novembro de 2008
Limpezas

Grandes limpezas. Um ano inteirinho a viver no norte, e o resultado é que a minha casa em L'Aquila precisa de grandes limpezas. Teias de aranha, manchas húmidas, quando não se vive numa casa a casa estraga-se, aos poucos. Horas a limpar tudo, esfregando bem. Hoje passei o dia inteiro na cozinha e fiz uma limpeza de tudo, moveis, maquinas, loiça e panelas, demorou horas. Deitei montes de coisas para o lixo. Sem complexos deitei fora esses aparelhos que todos temos nas nossas cozinhas e que nunca utilizamos, tipo maquinas para fazer gelado ou bolos, etc, tudo para o lixo. Estou a fazer ordem e espaço. Para a semana ainda hei de voltar para o norte, por motivos de trabalho, mas a dia 22 vou voltar aqui em L'Aquila. Tenho muitos contactos mas ainda não arranjei um emprego aqui. Mas vou arranjar, apesar desta crise vou. Sou um homem feliz. Acho que perdi tempo, perdi um ano a viver no norte entre pessoas chatas que tem uma mentalidade muito diferente, chega, vou voltar viver aqui, na minha terra, entre a minha gente.

Ainda não sei porque fui para o norte, há um ano, ou alias, sei, queria colocar uma distancia entre mim e a minha ex-esposa e queria ganhar mais. Hoje a ex-esposa esta completamente esquecida e no norte, com esta crise, ganha-se como aqui, sendo assim , melhor viver aqui!

Uma coisa que me faz feliz são as carícias deste clima frio, adoro viver nesta cidade gelada, é um clima que faz muito bem à saúde, é um frio seco, eu adoro.


:

publicado por Il Conte às 17:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008
Um pequeno luxo : papel higiénico de quatro veus

Eu sou somente um simples rapaz da serra, entao nestes tempos de austeridade comecei a cortar pequenos luxos. Cresci utilizando o papel higienico de quatro veus, é mais fofinho no rabinho, depois, com a crise, todos aprendem a cortar pequenos luxos, entao deixei de comprar o papel de quatro veus a passei a comprar esse de dois veus, é menos macio mas 10 rolos de 2 veus custam 0,99 euros enquanto 10 rolos de 4 veus custam 3,19 euros. Hoje peguei numa confeçao de 2 veus , depois lembrei-me que para o fim do ano chega a minha Portuguesa preerida, que é uma Princesa...pronto, ela merece o rolo de quatro veus!!!

Tudo isto pode parecer estupido, mas neste tempos de crise também os veus dos rolos do papel higienico podem ter a sua importancia. Mas depois gosto dessas pequena atençoes para as mulheres que amo...deixo-lhes encontrar na minha casa de banho o sabonete mais caro, a pasta para os dentes mais caras...quando uma mulher que amo fica uns dias comigo tento cuidar de todos os detalhes, pequenas atençoes, pequenos gestos, pequenos cuidados, e vejo que elas adoram sepre estas pequenas atençoes...

Conselho : quando uma linda mulher que amas passa uns dias contigo na tua casa nao sejas forreta e faz que ela encontre produtos de boa qualidade. Nao compres nada nos hard discount e sim escolhe as marcas mais caras e melhores.

Tudo isto devia ser absolutamente normal, mas ouvi muitas vezes mulheres queixarem-se dos parceiros forretas. Ha gajos que parecem viver em conflito com o cavalheirismo e as boas maneiras e até deixam pagar às parceiras a conta do restaurante o da esplanada ou os bilhetes do cinema ou do concerto. Ja estou a ver que vivo fora do tempo, sou pouco moderno! Mas é que para mim é maluquice levar uma mulher ao restaurante e depois deixar-lhe pagar 50 % da conta ou até a conta inteirinha!!!



publicado por Il Conte às 15:33
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008
GREENWITCH C.OVER BLOCK

No meu bloquinho C.OVER da Greenwitch que trago sempre comigo escrevo tudo o que tenho para fazer, depois quando faço algo tiro um risco no apontamento. O C.OVER da Greenwitch é um bloco pequenino de capa em vinil amarelo, é muito giro, pratico e robusto. Experimenta trazer sempre contigo um bloquinho de papel e escreve ali todas as coisas que tens para fazer, depois quando acabas uma tarefa tiras um risco. A tua cabeça agradece pois não terás que te lembrar de tudo, a tua vida vais ficar mais simples e ordenada e não corres o risco de te esquecer de algo ou de teres dores de cabeça para tentar lembrar tudo.

 Eu esta manha tirei já oito riscos pois fiz coisas que devia fazer há tempo (ir para o meu banco em L'Aquila, falar com a secretaria do meu Advogado por uma causa que tenho, ir pagar umas taxas em L'Aquila, ir visitar o tumulo do meu Avo Italo no cemitério de L'Aquila, etc.).

Agora vou tratar do seguro do carro e falar com o contabilista, tenho mil coisas para fazer, mas como tudo esta escrito e trago sempre comigo a lista, isso não me da dores de cabeça. Experimenta e vais ver. A visita ao cemitério era também uma tarefa da lista 101/1001. A minha vida nas próximas semanas parece ter muitos desafios à minha espera, mas estou feliz, tenho confiança em mim, em Deus e na vida, e depois há uma Portuguesa que me quer bem e quando um homem tem o amor duma mulher Portuguesa não precisa de mais nada para ser feliz.


:

publicado por Il Conte às 13:37
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008
Demasiado feliz

Ahhh...estou demasiado feliz...estou na terrinha!!!!

Aleeeeeeeeeeee....

Amo esta cidade como se fosse uma mulher, estou mesmo apaixonado pela minha terrinha, é um apego sem limites a esta gente e a esta terra.



publicado por Il Conte às 19:01
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 25 de Novembro de 2008
Para a terrinha (se Deus quiser)

Amanha de manha tenho um compromisso com o Director dos Recursos Humanos da minha sociedade, mas não é no escritório dele e sim nos escritórios da Direcção Geral do Trabalho, para assinarmos juntos um verbal que coloque a palavra FIM nas zangas acerca do dinheirinho que eles me devem e que não me pagaram. Durante muitos meses pagaram-me muito menos do que deviam, quando farto pedi o dinheiro que faltava mas eles sempre a fazerem ouvidos de mercador, apesar de ter falado  com muitas pessoas da sociedade , não conseguí obter que me pagassem o que me deviam, só quando é que cheguei a ameaçar de leva-los frente ao juiz do trabalho é que começaram a aceitar pagar. Fizeram-me uma proposta bastante aceitável, não vou pois receber 100% do dinheiro que merecia, e sim me vão pagar somente uma parte, digamos 70% mas vai ser feito um verbal de acordo na Direcção geral do Trabalho sem ter que embirrarmos frente a um Juiz, e sobretudo pagam-me logo amanha com um cheque depois de eu assinar o acordo, se ao contrario os levasse para um tribunal isso demorava meses/anos que na Itália as causas civis são infinitas, então achei melhor 70% amanha do que 100% daqui a uns meses/anos. Mas é claro que eles nem esse 70% queriam pagar, eles não queriam pagar nada mais do que já me pagaram. Obrigando eu a sociedade a pagar, é claro que as relações ficam logo estragadas: para o ano nem pensar em trabalhar com eles ! Teria que ficar ali até a 31 de Janeiro mas acho que vou-me embora muito antes. Por enquanto vou uns dias para a terrinha já amanha, depois da assinatura, a seguir volto, mas acho que vou ficar com eles somente até o Natal.

Bah...estou farto desta gente, não me dou bem aqui, acho que vou voltar para a terrinha, amanha somente por uma semana, mas acho que vou mudar cedo de maneira definitiva. Vivi o ano de 2008 no norte, em Parma porque no norte outrora ganhava-se mais do que na terrinha, mas agora, com esta crise, é igualzinho: trabalhar no norte ou na terrinha agora é igual, já não faz sentido eu viver aqui, ganhando a mesma quantia então melhor viver na minha terrinha, entre a gente que amo, e no lugar que amo.

Estou-me completamente nas tintas acerca das birras com a sociedade, só quero que amanha o gajo apareça ali com o seu cheque e depois xauzinho vou para L'Aquila !

Estou demasiado feliz que vou para a terrinha, tenho aquelas saudades!!!


: feliz,cheio de vida
Assuntos:

publicado por Il Conte às 22:23
link do post | comentar | favorito
|

Mexericos e óptimismo, alias "ótimismo" pamelliano.

Ontem escrevi aqui no blog que eu não posso com a televisão italiana, cheia de tantos programas-lixo. Quero voltar hoje a tratar isso e até venho a sujar o meu blog com mexericos!!! Eu detesto mexericos!!! Mas hoje vou fazer...porque são mexericos que me enchem de alegria e daquele "ótimismo à Pamelli".

Essa tipa da foto chama-se Antonella Clerici, tem 46 anos e é uma condutora dum programa-lixo sobre jogos com receitas de cozinha que aparece na televisão italiana do estado, o gajo chama-se Eddy Martens, tem 30 anos (olhem só a Antonella que espertinha!) e era um simples animador duma aldeia turística em Marrocos, ele vem do Congo mas tem algo também de origem da Bélgica, é um mulato africano. Conheceram-se quando a Antonella estava de ferias e apaixonaram-se, isto é, ela apaixonou-se provavelmente sobretudo do corpo dele, e ele provavelmente sobretudo do dinheirinho e do puder dela. E assim a Antonella Clerici, depois de dois divórcios tem agora este novo parceiro. Logo arranjou uma cunha para ele e agora arranjou-lhe um emprego na televisão do estado onde ela também trabalha e o gajo, que era um simples animador turístico, agora é um autor de programas RAI e ganha um ordenado de sonho (as voltas que a vida dá!). Além da cunha descarada a Antonella pensou também de ficar grávida dele, e assim agora, com 46 aninhos, a loira está a espera duma menina.

E contudo não quero fazer o moralista, alias quero abençoar esse par, que Deus os abençoe, não me importo com cunhas, com a diferença de idade, é tudo com eles, nem me interessa se foi mesmo amor ou se houve muitos cálculos, tudo isso é com eles.

Eu desejo-lhes que sejam felizes, e que a menina seja lindinha como o pai.

Quis sujar o meu blog com mexericos por uma razão: há uns dias num comentário a um post da amiga e colega blogger Pamelli acerca do meu carro tipo família escrevi que, sim, quem me dera eu ser pai, eu bem gostava, mas para isso se calhar devia arranjar uma parceira mais jovem de uns 15 aninhos, pois a minha portuguesa preferida está na mesma faixa étaria minha e da Pamelli. A Pamelli, que tem aquele "ótimismo" maravilhoso respondeu-me que nos EUA não são raros os casos de mulheres que chegam a serem mães na casa dos quarenta anos. Ahh...que "ótimismo", pensei...

Depois hoje, a ouvir falar da historia da Anonella Clerici e do Eddy Martens, então pensei:

Capaz que a amiga Pamelli tenha mesmo razão...

NEVER SAY NEVER AGAIN !

 

Pamelli, olhe, quero adoptar esse seu ótimismo e sonhar com um futuro lindo para mim e para a pessoa que amo, sei que você não se importa por eu adoptar a sua visão otimista da vida.

 

P.S.  Eu geralmente escrevo óptimismo e óptimista, mas neste post quis escrever ótimismo e ótimista como uma pequena homenagem à Pamelli, que é Brasileira. (É TAMBÉM GRINGA !)

 


:

publicado por Il Conte às 12:48
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2008
Neve : eu gosto mas...

Hoje ao acordar dei com uma pequena surpresa: 10 cm de neve caída durante a noite passada. Eu adoro a neve !

Mas nestes dias não precisava que chegasse!!! Na terça queria descer para L'Aquila, se Deus quiser e não me apetecia nada conduzir por 500 quilómetros com a neve nas estradas, oxalá pare logo de nevar, conduzir com a neve é chato porque é preciso ir mais devagarinho, leva muito mais tempo, e depois é mais perigoso, claro, que há malucos que não estão acostumados à neve e conduzem de maneira pouco prudente tornando-se perigosos para os outros também. Mas para o fim do ano sonho com um metro de neve e com um frio de rachar, isso se a minha Portuguesa preferida chegar como planeado, sendo assim, se ela chegar, quanto mais frio melhor, não há como uma linda Portuguesa que se aperta muito para fugir do frio! Assim ficava bem apertadinha contra mim, eh eh eh....

 

À noite gosto de ler algo, eu sou um desses desgraçados que podiam muito bem viver sem televisão, de facto muito raramente vejo televisão, só um quarto de hora por dia quando muito, e vejo principalmente as noticias. Na televisão italiana passam somente programas-lixo baseados em mexericos, vendas de produtos, novelas brasileiras e propaganda sem sentido, eu já não posso com esse lixo, não passa duma lavagem do cérebro. Antes prefiro um bom livro. Agora ando metido na leitura dos Lusíadas, que é uma leitura indispensável para uma pessoa interessada na Língua Portuguesa e além disso é também uma das tarefas da minha missão 101/1001.

Estou a achar os Lusíadas uma leitura maravilhosa, estou a gostar imenso!

É triste de facto pensar que há pessoas que podiam contar tintim por tintim todos os 5740 folhetins da novela brasileira que seguem, mas depois nunca leram nem uma pagina do Camões ou do Pessoa...

 

101

"Mas o malvado Mouro, não podendo

Tal determinação levar avante,

Outra maldade iníqua cometendo,

Ainda em seu propósito constante,

Lhe diz que pois as águas, discorrendo,

Os levaram por força por diante,

Que outra Ilha tem perto, cuja gente

Eram Cristãos com Mouros juntamente.

 

102

Também nestas palavras lhe mentia,

Como por regimento, enfim, levava;

Que aqui gente de Cristo não havia,

Mas a que Mahamade celebrava.

O Capitão, que em tudo o Mouro cria,

Virando as velas, a Ilha demandava;

Mas, não querendo a Deusa guardadora,

Não entra pela barra, e surge fora."

 

(Luís de Camões - Os Lusiadas)

 

(Na minha opinião os Lusíadas apaixonam mais duma novela brasileira, a historia faz sentido, não é ridicula nem lamecha e depois está escrita de maneira maravilhosa...)

Esta noite deixa a televisão desligada e abre um livro, seja qual for, mas que seja um classico da literatura portuguesa ou brasileira.


: constipado, sempre a espirrar

publicado por Il Conte às 08:49
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Domingo, 23 de Novembro de 2008
Mario Magnotta, super-herói desde L'Aquila, Itália

O Mario Magnotta, maluco de L’Aquila que ficou famoso pelas brincadeiras telefonicas que lhe faziam ( a brincadeira telefonica da maquina para lavar roupa SAN GIORGIO é uma das brincadeiras mais famosas da Itália) aqui neste vídeo a fazer uma tirada para se queixar contra os politicos de L’Aquila, que continuam aumentando os custos da recolha local do lixo, o Magnotta está farto e então queixa-se. O vídeo de dois minutos começa aparentemente num estilo bastante calmo, mas logo depois de um minuto o Magnotta começa a ficar muito furioso e lá vai ele aos palavrões contra os politicos.

Ele ganha um ordenado de 1.050 euros mensais e esta farto de pagar!

Que ternura!

É mesmo engraçado o Magnotta!

Em L’Aquila todos lhe querem bem, apesar da maluquice sem travões...

 

"(...) Eu não posso estar sempre a pagar, a electricidade, o lixo, o aquecimento, eu não apanho um ordenado como os politicos, que apanham 10.000,00 euros mensais, eu apanho 1.050,00 euro por mês e eu não posso estar sempre a pagar, estou farto, eu de L’Aquila quero ir-me embora, já não gosto de L’Aquila porque L’Aquila é a cidade mais cara do Mundo, alias, mais cara do Mundo e da Itália (????!!!).

Coitados deste cidadãos aquilanos que já não conseguem pagar...

Porque é que não pagam vocês os politicos, que apanham 10.000,00 euros por mês?

Eu apanho somente 1.050,00.

Vocês deviam vergonharem-se, seus politicos do C.

Arrivederci !"

 



publicado por Il Conte às 14:44
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Sábado, 22 de Novembro de 2008
Opel Astra Enjoy SW (tarefa 31 acabada na missão 101/1001)

 

Que bom...esta manha fui para o Concessionario Opel apanhar o Opel Astra em segunda mão que comprei ontem. Está praticamente novo, é de Agosto de 2007, não tem nem um risco nem nada, está perfeitinho, parece saído agora da fabrica, estou muito contente. Tenho garantia da Opel até 27 de Agosto de 2009 e depois o Concessionário estendeu-me a Garantia para mais um ano.
Quando tinha visto a publicidade do modelo que escolhi pensava que a rapariga morena vinha incluída com o carro, afinal não vem, quer dizer, só mesmo comprando um carro novo recebe-se a morena, mas comprando em segunda mão o carro vem só, sem nenhuma rapariga opcional. (Que pena!)

:

publicado por Il Conte às 14:16
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008
Giusy Ferreri - "Novembre" (música italiana actual)

Se há coisa que detesto é ouvir os estrangeiros a falarem da Laura Pausini ou do Eros Ramazzotti quando falam da música italiana. Eu não posso com eles, realmente! E poucos gostam deles na Itália, e assim para eles venderem foram obrigados a saírem fora do pais e de facto encontraram êxito na Espanha e na Argentina. Porque é que os Argentinos gostam desse estilo lamecha? Só mesmo Espanhóis e Argentinos para apreciarem a Pausini e o Ramazzotti.

Quis então abrir uma janela sobre o que passa agora na Itália, sobre a música de que gostam os Italianos nestes dias. Uma cantora de que os Italianos estão a gostar muito é a Giusy Ferreri, não é feia e canta muito bem, tem um estilo diferente, um carácter, um feitio diferente.Coloco aqui o vídeo da canção "Novembre"

Também gostei do vídeo, que foi filmado em Paris, e portanto quem sabe, dava para a Pamelli ou a Tammi, que tanto gostam dessa cidade poderem matar saudades...

Quanto à musica a Tammi se calhar ainda gostava, a Pamelli duvido!!!

 

 


:

publicado por Il Conte às 18:56
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Terrinha

Countdown

Dia insonso

Às veses eles voltam....

Onore e Gloria

Dois novos amigos

Português levanta o cú do...

Salvar Portugal

Boa vida

Uma vida muito real.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar