Um espaço italianinho e maluco
Segunda-feira, 27 de Julho de 2009
Boa vida

Hmmm...estou a viver num estado de graça, sinto-me nas Graças de Deus, é tão bom viver assim...quando, apesar dos problemas e dificuldades, as coisas parecem correr bem, eu sei que é como estar no mar, agora é bonança mas não vai durar para sempre, mais chatices hão de aparecer, mas por enquanto prefiro não pensar demasiado no futuro, já que nem sei se vou ter um futuro, Jesus podia voltar ou então eu podia morrer ainda hoje, eu sei lá, melhor pensar no presente, o presente é bom, delicioso e então quero aprecia-lo.

Sinto que não me falta nada.

O meu Rolex tinha tido problemas, levei para consertar e fiquei umas semaninhas sem ele, mas agora, que posso trazer outra vez no pulso, sinto-me outra vez rico. Podes estar sem vintém no bolso, mas se trazes um Rolex no pulso não te sentes pobre. Se puderes compra já o teu Rolex, podes arranjar um  Rolex Novinho com uns 4.000 euros (em aço) ou então um Rolex em segunda mão com 2.000 ou 3.000. O meu Rolex é de 1969, tem pois 40 aninhos, mas como eu trato dele de forma maniaca, parece saído ontem da fabrica, ainda por cima esse modelo continua produzido hoje igualzinho como era produzido nos anos sessenta. ninguém acreditaria que o relógio que levo no pulso tem 40 anos. Para teres o teuRolex sempre com a hora certa podes acertar a hora na internet através do site do observatório astronómico de Lisboa, que fornece a hora oficial de Portugal (www.oal.ul.pt).

Ontem fui para Monte Real, fui ver as Termas, que seriam as "Termas mais portuguesas de Portugal", a entrada principal fica na Rua Doutor Oliveira Salazar, adorei que a Rua estava dedicada ao melhor Português de sempre e fui tirar uma foto minha ao lado da placa com o nome da rua. Também fui para a base numero 5 da Força Aérea Portuguesa, ontem era dia de base aberta ao publico para festejar os 50 anos da base, pude ver os aviões militares portugueses, na pista mas também no ceu a fazerem habilidades. Adorei.

Também pude exercitar a minha perseverança: realmente poucas coisas conseguem resistir à perseverança, se fores perseverante podes obter muita coisa, só há um único segredo: não desistir. Eu, enquanto andava na base, vi no chão uma tampa para ouvidos, dessas que se utilizam para protecção contra ruído, de esponja, geralmente são amarelas, mas essa que vi no chão era muito engraçadinha, pois era verde e vermelha, tinha as cores da bandeira portuguesa, fiquei com um sorriso nos lábios a pensar no portuguesismo da Força Aérea Portuguesa, achei o máximo essa ideia das tampas para ouvidos com as cores da bandeira, claro que fiquei logo a desejar um par para mim, e novo!

Era só , com lata, chatear o pessoal militar da base a ver se alguém me arranjava isso. Tive que tentar com uma meia dúzia de militares, todos foram muitos amáveis e compreensivos, eu dizia que era Italiano e que estava a gostar dessas tampinhas tão portuguesinhas, eles diziam que sim, pois, mas infelizmente não tinham...a minha Portuguesa preferida inicialmente ficou divertida com tanta insistência minha, depois, racionalmente, aconselhou-me para desistir, pois não havia nada a fazer, era melhor eu null e ficar só com uma tampinha suja encontrada no chão, não era possível arranjar um par novinho.

Desistir? Nem pensar!

E assim continuei chateando, mas finalmente recebi um sim, um tipo amável tirou do bolso uma caixinha com um par novinho de tampinhas portuguesinhas e ofereceu-me.

As tampinhas são Made in USA, como os aviões da Força Aérea Portuguesa, Made in USA mas fabricadas com as cores de Portugal. Nada de porcarias amarelas Made in China.

Fiquei feliz em ver como a regra de não desistir paga sempre.

Experimenta na tua vida.

Queres algo? Chateia o mundo e os outros até conseguir obter.

Não desistas, nunca.

 



publicado por Il Conte às 14:20
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Pâmelli a 27 de Julho de 2009 às 16:26
Tem razão, Conte.
No Brasil dizemos: 'Quem não chora, não mama...' :-)


De Il Conte a 29 de Julho de 2009 às 18:04
Eh eh, nos os Italianos, sobretudo os do centro e do sul da Itália, também somos capazes de chorar como actores de novela, se isso pode ajudar a obter algo que não temos conseguido por outros caminhos mais dignos...


De Eusinha a 31 de Agosto de 2009 às 00:41
Há muito que não sei te ti. Espero que continues bem.
Beijinhos


De Il Conte a 10 de Setembro de 2009 às 13:14
SIM, MINHA AMIGA, ESTOU MUITO FELIZ GRAÇAS A DEUS. Tudo de bem para ti.


De editou a 8 de Outubro de 2009 às 18:10
É verdade amigo, insistir compensa, desisitir é dos fracos ;)


De Il Conte a 11 de Outubro de 2009 às 10:04
Obrigado pela sua solidariedade


Comentar post

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Terrinha

Countdown

Dia insonso

Às veses eles voltam....

Onore e Gloria

Dois novos amigos

Português levanta o cú do...

Salvar Portugal

Boa vida

Uma vida muito real.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar