Um espaço italianinho e maluco
Domingo, 8 de Março de 2009
Para a frente.

" (...) somente faço uma coisa: esquecendo-me do que fica para trás e avançando para as coisas que me estão diante, prossigo para a meta (...)

 

Filipenses 3:13, 14

 

Procuro o caminho certo na palavra do Senhor.

Agora que as coisas não me correm bem, o único consolo possível vem dele. Tenho Fé. Sei que as coisas vão correr como há de ser, oxalá seja como eu também gostaria, mas afinal, o que Deus quiser. Se pensar nas mudanças à minha frente fico um bocado com medo. Então acho que vou pensar nelas a partir de amanhã, hoje quero um Domingo de sossego.

O meu papagaio não para de mexer e de assobiar, o meu sossego vai ser relativo. Pelo almoço passa por minha casa uma tia que preparou um bolo para mim, sobrinho com sorte, os bolos da tia são bons mas eu devia perder uns 4-5 quilinhos, não devia comer bolos. Veremos, eventualmente só um bocadinho, sem exagerar.

Ao fim da tarde vou para a Igreja.

 

Quem me dera ganhar uma lotária! Podia mudar para Portugal e viver com a minha Portuguesa preferida, abrindo uma loja ali, ou então abria uma escola de língua portuguesa na Itália e oferecia um emprego de professora à minha Portuguesa preferida.

Ah...quantos sonhos infantis...

Mas sem ganhar essa tal lotária não sei como encontrar o dinheiro necessário para mudar a minha vida. Assaltar um banco? Nestes tempos acho que nem dava, que os próprios bancos não andam nada bem, têm imensos problemas financeiros.

 

Bem, mais vale ser óptimista: estou bem em saúde, graças a Deus, e isto já vale 50% da felicidade duma pessoa, uma línda portuguesa ama-me (mais 49% de felicidade) e se tudo correr bem a 4 de Abril vai ter comigo, portanto só há 1% de motivos para eu ser infeliz.

Mas também não trocava a minha condição de homem são e amado, ainda que sem recursos financeiros para perseguir os sonhos dele, com a condição de um tipo riquissimo mas doente e odiado, com dinheiro mas sem saúde e sem amor, um tipo assim podia abrir actividades comerciais sem problemas, mas a saúde pode comprar-se somente parcialmente e o amor nunca se compra. Lí no diario das filas de americanos ex riquissimos de Wall Street, que agora ficaram desempregados e andam a procura dum emprego, entre eles havia um públicitario, que vivia numa casa de luxo em Manhattan, mas quando as coisas começaram a correr mal a mulher dele foi-se embora, claramente gostava mais do dinheiro dele do que dele próprio. Eventualmente terá sido uma mulher linda, mas afinal não passava duma simples puta, uma puta de classe, mas sempre puta. Agora esse tipo, que está desempregado, pode ter a oportunidade de eventualmente conhecer o verdadeiro amor. Há desempregados que são amados, até muitos amados, e alí é mesmo amor, alias Amor.

E tu leitor, se tivesses que escolher somente uma coisa entre o dinheiro e o amor, preferias muito amor sem dinheiro ou muito dinheiro sem amor?

Não me digas que preferias muito dinheiro e muito amor!!! Assim não vale, todos  gostavamos!!!


Assuntos: ,

publicado por Il Conte às 10:58
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De Fulano a 11 de Março de 2009 às 06:20
Não se deve desejar mal a ninguém mas você é irresistível : impossível não desejar vê-lo favelado e tomando dos remédios que alegremente receita aos outros. Vá lá tenha coragem e publique a lista com as taxas de mortalidade infantil na América do Sul. E já agora culpe os pobres pelo facto de se reproduzirem. É o tipo de análise de gente do seu tipo: « se não nascessem não morriam.» Isto porque "o seu tipo" acha que a ordem natural das coisas é : « as ricas têm meninos e as pobres parem moços.» Educação e saúde para todos uma aberração pois aumentaria demasiado os impostos. A propósito : Cuba e a Dinamarca lideram a lista de países onde é maior a percentagem de pessoas que se declaram felizes. E a carga fiscal na Dinamarca pode atingir 65%.


De Il Conte a 11 de Março de 2009 às 11:19
Eu a você, pelo contrario, desejo tudo de bom e de bonito, uma vivenda com piscina, um carro rapido e mulheres lindissimas, para quê desejar mal? quem semeia vento recolhe tempestade. Você e eu temos opiniões politicas muito diferejntes, mas eu não estou aqui para converter o leitor. Este é um espaço democratico e você tem direito em não estar de acordo, pode criticar e dizer a sua opinião dempre que quiser, a não ser que se torne ordinario escrevendo palavrões ou ameaças, pois este é um espaço democratico mas civilizado, nada de anarquias. Enquanto comentar de maneira civilizada as suas opiniões ficam sempre publicadas. Você, na sua analise politica juntou Cuba oom a Dinamarca. Eu estive na Dinamarca mas nunca em Cuba, somente que não me parecem paises muito similares, a Dinamarca é uma democracia baseada na liberdade, um cidadão dinamarquês tem a liiberdade de criticar o seu governo sem medo de acabar preso ou de morrer, pode viajar ou emigrar, todos podem pedir um passaporte. Não me parece que seja igual enm Cuba. Você critica um italiano num espaço italianinho e as suas opiniões ficam aceites com respeitinho, mas experimente criticar um cubano ou um espaço cubano a ver se encontra também tanta compreensão e democracia. Para acabar, vocè coloca na minha boca palavras que não são minhas., eu não tenho nada contra os pobres, somente contra os criminosos. No meu blog há um post cujo titulo é "uma linda historia de amor" que fala do meu respeito para os operarios dos caminhos de ferro da eritreia, pessoas muito humildes e pobres mas de enorme dignidade e grandes trabalhadores, são pauperrimos mas eu amo eles e náo me importava nada que imigrassem a milhões no meu pais, quem me dera!...


De Pâmelli a 11 de Março de 2009 às 19:46
Amigo Conte,
vejo que os 'hate-mails' andam dando uma passada pelo seu blog...lol
À propósito dos dois atletas cubanos que foram mandados de volta (pelo governo brasileiro) para a 'linda e maravilhosa ilha de Fidel...' , soube que felizmente conseguiram escapar e que agora se encontram sãos e salvos NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA! :-)))

Quanto à sua pergunta sobre dinheiro VS amor...
Por mim, escolheria uma situação onde pudesse ter um pouco de cada...:-)), pois penso que isto seria o ideal.
Contudo, se tivesse REALMENTE de ficar somente com um , ficaria com o dinheiro! lol
É que como já dizia o velho Nelson Rodrigues (aquele controvertido dramaturgo brasileiro...) :
'Dinheiro compra ATÉ amor verdadeiro...' :-)
Bye!
Pâmelli.


De Il Conte a 11 de Março de 2009 às 21:08
Ah ah ah Pâmelli, você é uma simpatia, que bom que diz sinceramente o que pensa sem hipocrisias nem complexos...estou a ver que não é do genero "dois corações e uma cabana" . Fico contente que esses profugos devolvidos por esses doido do Lula agora se encontram salvos nos EUA, ainda bem que assim seja, bem mereciam a liberdade e afinal existe um bocado de justiça neste mundo. Quanto aos hate-mails, eu deixo aos outros a possibilidade de terem opiniões diferentes das minhas, eu acho que a diferença é sempre uma riqueza, nisso sou muito pouco globalizado, outrora no mundo havia mais diferenças, e o planeta era culturalmente mais rico. Não quero converter os outros, prefiro deixa-los diferentes de mim porque assim, através da discussão democratica, todos podem aprender e há mais possibilidades de crescimento e cultura. Desconfio desses um bocado fanaticos que se acham os "GUARDAS DA VERDADE".
Esse seu nacional tem ideias diferentes das minhas mas vai ter a possibilidade de defende-las enquanto se portar bem, sem palavrões ou ameaças. Só censurei até agora uns comentarios de romenos porque eram demasiado ordinarios e nada podiam acrescentar a uma discussão civil.
Tudo de bom para vc


Comentar post

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Terrinha

Countdown

Dia insonso

Às veses eles voltam....

Onore e Gloria

Dois novos amigos

Português levanta o cú do...

Salvar Portugal

Boa vida

Uma vida muito real.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar