Um espaço italianinho e maluco
Domingo, 1 de Março de 2009
Conquistar a confiança dum papagaio.

Será que alguém tem dicas para me dar para eu conseguir conquistar a confiança do meu papagaio? É um exemplar masculino de Rosela de Pennant, é de tamanho médio, todo vermelho com umas riscas azuis escuras, é muito asseadinho e porta-se bem mas é muito desconfiado! Eu sei que os papagaios são geralmente teimosos e desconfiados, são animais simpáticos mas que podem ter feitios terríveis, gostam geralmente de imitarem e também de mandarem, menos de obedecerem. Nem penso em ensinar-lhe a falar, que essa raça não é das mais indicadas para aprender a falar, mas ao menos queria deixa-lo sair da gaiola , aprender a comer da minha mão, posar no meu ombro, brincar um bocado, essas coisas que fazem todos os papagaios. Mas ainda anda muito desconfiado de mim. Ontem consegui que comesse um pedacinho de kiwi da minha mão (ele dentro da gaiola e eu fora) mas somente olhando para outro lado e fingindo que não me estava a aperceber que ele tinha-se aproximado e estava a comer. Se olhar para ele, ele tem medo e não se aproxima.

Fui ver em duas livrarias mas só encontrei livros sobre as varias raças de papagaios, não encontrei sobre como treina-los. Acho que vou ver na net, há um site suíço em língua italiana que ajuda um bocadinho (www.pappagalli.net) mas precisava de saber mais. Se alguém tem papagaios e me quer dar umas dicas eu agradecia muito.

 


: amigo do meu papagaio

publicado por Il Conte às 13:33
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Pâmelli a 2 de Março de 2009 às 02:45
De fato não sei nada sobre papagaio's , Conte, mas meu chiuaua quando veio do abrigo era muito medroso pois tinha sido maltratado pela família que o deixou lá. Hoje ela é muito alegre e tem total confiança em nós. Acho que é uma boa idéia lhes dar comidinhas na mão, falar com eles e brincar ( no caso do cachorro). Os bichos começam a ter confiança quando percebem que somos nós que os alimentamos e cuidamos deles...


De Il Conte a 2 de Março de 2009 às 10:44
Pois é, vou tentar vazer um bocado de corrupçao oferecendo ao papagaio frutinha de que ele gosta a ver se com o tempo ele aprende a gostar mais de mim e a ter mais confiança em mim.
E' preciso ter paciencia...


De Tovi a 2 de Março de 2009 às 21:56
Como muito bem diz a Pâmelli um dos processos de ganhar a confiança de um animal de estimação é dar-lhe comida com a nossa mão.
Mas atenção: Sempre que ele se fizer de esquisito ou de teimoso, não deveremos dar-lhe comida. Ele tem que perceber que só há recompensa quando faz o que nós queremos. É assim que sempre treinei os meus cães.
E é preciso ter muita paciência...


De Il Conte a 3 de Março de 2009 às 07:40
eu ofereço comidinha boa mas ele tem medo de comer pela minha mão. Mas estou a ter um ideia: será que deixando o papagaio um bocadinho a dieta depois ele ganha mais confianÇa? quando estiver com fome depois se calhar aproxima-se e come. Ah ah ah...não, estou a brincar, não quero que a gaiola dele seja um campo de concentração, com ele disciplina mas com muita moderação...quero tentar com as boas, utilizar as más so se mesmo me atacar


De Charles a 23 de Julho de 2009 às 23:01
Eu tenho uma papagaio também, quando comprei ele, eu comprei de uma família que estava precisando vende, por que não tinha dinheiro para comprar comida, Não sei se estava com + dó da família o do papagaio que estava quase morrendo, por estava só comendo pão e leite, pra falar a verdade comprei mais para ajudar a família, por achei que o papagaio ia morrer.
Cuidei muito bem dele, ele sempre gosto de mim, podia fazer o que eu quisesse com ele, más de 2 meses para cá ele não esta mais deixando eu pegar ele e só fica me bicando, e o pior, ele não gostava de mim namorada agora esta gostando + dela do que de mim...snif, snif, snif.
Agora estou tentando conquistar ele aos pouco dando comida na mão cada vez que ele deixa eu coçar ele, e estou conseguindo hehe


De Il Conte a 27 de Julho de 2009 às 14:19
Esse Rosela que tinha morreu, coitado, tinha deixado a uns vizinhos depois do terramoto mas eles não souberem tomar conta dele e morreu. agora tenho um papagaio monge, é muito divertido e engraçadinho e muito mimado., é mesmo uma simpatia, deixa-se coçar e gosta de brincar e come pelas mãos sem problemas, tem um optimo feitio e faz muita companhia, ele também veio comigo para Portugal.


Comentar post

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Terrinha

Countdown

Dia insonso

Às veses eles voltam....

Onore e Gloria

Dois novos amigos

Português levanta o cú do...

Salvar Portugal

Boa vida

Uma vida muito real.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar