Um espaço italianinho e maluco
Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009
Solidariedade para Lady Michele Renouf

Lady Michele Renouf , Senhora da alta nobreza britânica, ontem foi ao aeroporto de Londres buscar o bispo Williamson que tinha sido expulso pela Argentina. a Argentina devia pensar em pagar as dividas que tem com o mundo inteiro, começando com o pagamento dos bonds dos 450.000 Italianos que emprestaram dinheiro ao Estado Argentino e depois perderam todas as poupanças pois o estado argentino recusou pagar as suas dividas, a Argentina não me parece francamente um estado que possa dar lições de moral ao mundo. O bispo Williamson disse algumas asneiras sem pés nem cabeça, como por exemplo que os judeus matados pelo terceiro reich não passariam de uns 300.000 , mas todo o mundo sabe que foram mais de seis milhões, agora o Williamson pode ter exagerado, mas aqui já não se pode dizer mais nada acerca dos judeus que logo recebe-se a acusa de anti-semitismo, a mim parece-me um bocado paranóico francamente. Graças a Deus ainda há pessoas , como a Lady Renouf, que não têm complexos acerca dos judeus e que sabem criticar os judeus se e quando for preciso. Não podemos permitir aos judeus qualquer coisa somente por causa do Hitler, tudo o que o Hitler fez aos judeus é monstruoso mas isso não deve ser um  motivo para eles poderem fazer qualquer coisa sem que ninguém possa dizer nada. Se nos olharmos às causas desta crise económica mundial, que vai fazer mais de 50 milhões de desempregados, no fundo, isso bem espremido é a historia de costume: aquela mentalidade judia dos financeiros de wall street. Os maiores responsável deste desastre mundial são os financeiros dos Estados Unidos e entre eles os mais perigosos, os que não têm nenhum escrúpulo com o dinheiro, são mesmo os judeus.

Se eles querem viver longe de Jesus tudo bem, é com eles, eu nem penso em converter judeus, mas não posso com a sua mentalidade e com as suas especulações sem piedade.

Eu não sou anti-semita, alias até trabalhei mais de três meses em Israel e tive a possibilidade de conhecer a mentalidade judia, mas realmente não posso com eles quando estragam a economia mundial, e não é a primeira vez que isso acontece, já aconteceu muitas vezes na Historia e sempre por causa deles.

É realmente difícil conseguir ama-los pois eles fazem muito pouco para se fazer amar e fazem imenso para se fazerem odiar.


Assuntos:

publicado por Il Conte às 20:25
link do post | comentar | favorito
|

arquivos

Outubro 2010

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

recentes

Terrinha

Countdown

Dia insonso

Às veses eles voltam....

Onore e Gloria

Dois novos amigos

Português levanta o cú do...

Salvar Portugal

Boa vida

Uma vida muito real.

Assuntos

a.o.i.

aborrecimento

acordo ortográfico

aktion t4

amizade

amor

anjo mudo

appena prima di partire

arquitectura fascista

asmara

beppino englaro

berlusconi

blackberry

blog

brasil

brasileiros

cacao meravigliao

camões

caprichos

carro

carros

cersaie

cesare battisti

chatice

codigo ladrões romenos

criminalidade

criminosos romenos

crise

democracia

desejo

dinheiro

direito à vida

duce

eluana

eluana englaro

emprego

emprego portuguesinho

eritreia

europa

europa de lepanto

eutanasia

ezra pound

fascismo

federico moccia

felicidade

ferias

flaminio maphia

forças armadas

fragmentos discurso amoroso

futebol

gratidão

hammarberg acorda!

hitler

ho voglia di te

homem estupido

humor

ilusões

imigração sem travões

italia

italia aos italianos

l'aquila

lula

luta à anarquia

luta à criminalidade estrangeira

maluquice

mara carfagna

mulher

mulheres

musica

musica italiana

nautica

officina del tempo

papagaios

perigo imigração

perigo imigrados

perigo romenos

ple

portugal

português língua estrangeira

problema criminalidade

problema romenos

problemas imigrados

racismo

relógios

relogios

rolex

romenos

saudade

saudades

segurança

sonhos

stronza

terrinha

tiziano ferro

trabalho

vida

violencia

violencia contra as mulheres

zero assoluto

todas as tags

links
feeds
pesquisar